nsc
nsc

preço nas alturas

Passar o Réveillon em Balneário Camboriú pode custar tão caro quanto em Paris ou Nova York

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
11/12/2021 - 07h57 - Atualizada em: 11/12/2021 - 08h08
Queima de fogos no Réveillon em Balneário Camboriú
Queima de fogos no Réveillon em Balneário Camboriú (Foto: Lucas Correia, Arquivo NSC)

O turismo é regido pela lei de oferta e procura, e isso não novidade para ninguém. Mas a alta demanda por hospedagem no Réveillon tem provocado uma chamativa explosão de preços na rede hoteleira em Balneário Camboriú – é o que indicam plataformas de reservas. Hospedar-se em hotéis da Praia Central pode ser tão caro quanto em endereços famosos de Paris ou Nova York para passar a virada de ano.

Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

O levantamento foi feito pelo site local Página 3, levando em conta os preços anunciados na Booking.com, e confirmado pela coluna com a mesma plataforma e comparado com outras concorrentes. Cinco diárias para um casal, entre 30 de dezembro e 4 de janeiro, podem custar R$ 10,4 mil em um hotel no calçadão da Avenida Central, com nota 8,3 de acordo com as avalições dos usuários. Um concorrente na mesma região, a 50 metros da praia, oferece o mesmo número de diárias por R$ 8,4 mil.

Como é o Réveillon de Balneário Camboriú visto do maior prédio residencial da América Latina

Em um hotel mais longe da praia, a 2,3 quilômetros de distância, um quarto com nota 7,3 custa R$ 6,2 mil para as mesmas cinco diárias em preço promocional. A três semanas da virada de ano, o site avisa que há poucos lugares – mais de 90% dos quartos estão ocupados – o que eleva os preços. A maioria das vagas disponíveis na plataforma em Balneário Camboriú custa acima de R$ 5 mil.

Por valores parecidos, é possível se hospedar em ótima localização na Cidade Luz, onde as diárias são cobradas em euro. Uma suíte em um hotel quatro estrelas no 12º Arrondissement, a 1,7 quilômetro do centro de Paris, sai por R$ 6,1 mil – com nota 8,3 no Booking. Com mais dinheiro – entre R$ 9 mil e R$ 10 mil, preço similar ao hotel do calçadão de Balneário Camboriú – é possível hospedar-se em um hotel com avaliação cinco estrelas a um quilômetro da Ópera da Bastilha, ou num hotel boutique decorado por Christian Lacroix no Marais, a 300 metros do Museu Picasso.

Destinos de SC estão entre os mais procurados do Brasil para Natal e Réveillon

No outro lado do Atlântico, em Nova York, o elegante Library Hotel, decorado como uma biblioteca antiga e considerado “fantástico” pelos viajantes, com nota 9,2, oferece quartos por R$ 10,4 mil para cinco diárias. A cidade tem diversas opções por preços semelhantes à média atual das ofertas em Balneário Camboriú, segundo as plataformas de hospedagem. Tanto nova York quanto Paris são famosas por suas comemorações de Réveillon.

Nem tão parecido assim

De acordo com o Booking.com, são os próprios anunciantes que definem os valores e as condições de pagamento das ofertas que apresentam na plataforma. A similaridade de preços chama atenção mas, segundo a presidente do Convention & Visitors Bureau de Balneário Camboriú, Margot Libório, não corresponde à realidade.

Governo abre fronteiras terrestres para argentinos e uruguaios

Ela ressalta que o recorte de datas mostra um período de altíssima demanda no Litoral catarinense, e é comum que os hotéis, já próximos da lotação, apresentam preços muito acima da média. Em alguns casos, trata-se de uma estratégia de visibilidade. Segundo Margot, as reservas para o Réveillon começaram a aquecer entre junho e julho com condições especiais, e a maioria dos hóspedes que reservou antecipadamente pagou menos do que a média.

- Como o cenário ainda era de muita incerteza, foram oferecidas muitas diárias por preços que estavam aquém da realidade e com cancelamento gratuito até muito perto da data de check in. Agora há poucas reservas disponíveis, que não são referência de mercado – avalia.

Bolsonaro virá a Santa Catarina para passar férias em meio a pressão por verbas para rodovias

Desde o início do ano, quando o Estado enfrentou a terceira onda de Covid-19, a hotelaria baixou 20% os preços de diárias em Balneário Camboriú para manter-se ativa. Os valores foram sendo reajustados aos poucos conforme a vacinação avançou e a situação estabilizou, mas segundo Margot os preços para a temporada de verão ainda estão 10% abaixo dos praticados na temporada 2018-2019, no cenário pré-pandemia.

- Vínhamos enfrentando queda já antes da pandemia, devido à fragilidade em que o mercado internacional se encontrava. As tarifas para o Mercosul eram maiores e a permanência também era maior. Quando aquele mercado entrou em crise, impactou a diária média do destino – analisou.

Em nota enviada ao Página 3, o secretário de Turismo de Balneário Camboriú avaliou que os preços altos nos anúncios de reservas ocorrem devido à demanda e são sazonais. “Existem vários aspectos que precisam ser analisados, como a alta do dólar, a dificuldade de viagens internacionais, o destaque do destino nacionalmente, fatores assim regulam os preços e se não vendessem tanto não aumentariam. Por outro lado, isso pode pulverizar a oferta, ou seja, esticar a temporada, trazendo turistas em épocas com preços melhores, o que também é bom para o destino”, disse.

Passado o Réveillon, a tendência é que os preços retornem ao patamar usual. No hotel do calçadão de Balneário Camboriú que oferece cinco diárias por R$ 10,4 mil, na virada de ano, uma reserva entre os dias 20 e 25 de janeiro para um casal custa R$ 3,6 mil – menos de um terço do valor.

Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz

Leia mais:

Por que o alargamento da praia em Balneário Camboriú atraiu tubarões

Prédio mais alto da América do Sul tem Neymar, Luan Santana e números recordes em Balneário Camboriú

Polêmico, uso de fuzis por Guardas Municipais chega a SC

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Mais colunistas

    Mais colunistas