nsc
nsc

Saúde

SC tem 104 pessoas à espera de UTI e pacientes intubados no corredor

Compartilhe

Dagmara
Por Dagmara Spautz
25/02/2021 - 17h00 - Atualizada em: 25/02/2021 - 17h59
SC tem pacientes intubados em emergência e corredor de hospitais
SC tem pacientes intubados em emergência e corredor de hospitais (Foto: Reprodução, NSC TV)

Sem vagas de UTI disponíveis, Santa Catarina tem pacientes intubados em Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs), emergências e corredores de hospitais. A situação, que vem ocorrendo desde o início da semana, chegou ao ápice nesta quinta-feira (25): no início da tarde, eram 104 pessoas aguardando leito de terapia intensiva no Estado.  

> Santa Catarina tem fila de espera por leitos de UTI Covid para adultos

A fila de espera triplicou em um período de pouco mais de 12 horas. Eram 30 pessoas durante a noite. Pela manhã, o colega Anderson Silva publicou que havia cerca de 50 pessoas no aguardo. Os dados foram citados pelo superintendente de Regulação da Secretaria de Estado da Saúde, Ramon Tartari, durante reunião online da Comissão Intergestores Bipartite do Estado (CIB), e indicam a pressão que a Covid-19 tem causado sobre o sistema de saúde.

Hospital de Chapecó anuncia “protocolo de desastres” após atingir ocupação máxima

O secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro, disse que não há possibilidade de transferência de pacientes para outros estados, porque o cenário de lotação nos hospitais é semelhante em quase todo o território nacional. Em janeiro, Santa Catarina recebeu pacientes vindos do estado do Amazonas, que passava por uma explosão de casos de Covid-19.

> Santa Catarina vive o pior momento da pandemia com indiferença política

Nesta quinta-feira a Secretaria de Estado da Saúde enviou ofícios ao setor privado, em especial à Unimed, em que ele questiona sobre o custo dos leitos e a possibilidade de uso dos leitos particulares para internação. No entanto, não há disponibilidade de vagas também na rede privada.

O vice-presidente da Unimed SC, Sergio Malburg Filho, disse que a rede não possui leitos para ceder. No fim da tarde havia apenas uma vaga em Blumenau e duas em Brusque. A Unimed tem hospitais próprios em Florianópolis, Balneário Camboriú, Chapecó, Criciúma, Joinville e Tubarão – todos com UTIs lotadas.

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) pediu informações ao Governo de SC sobre a fila de espera por leitos de terapia intensiva. O promotor de Justiça Luciano Nashweng deu prazo até sexta-feira (26) para que o Estado passe a informar, diariamente, quantos pacientes estão à espera de um leito, e em que cidades.

Participe do meu canal do Telegram e receba tudo o que sai aqui no blog. É só procurar por Dagmara Spautz - NSC Total ou acessar o link: https://t.me/dagmaraspautz​

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Dagmara Spautz

Colunista

Dagmara Spautz

O que acontece de mais relevante em boa parte do litoral catarinense, especialmente Itajaí e Balneário Camboriú. Fontes exclusivas e informações de credibilidade nas áreas de política, economia, cotidiano e segurança.

siga Dagmara Spautz

Mais colunistas

    Mais colunistas