nsc
nsc

Vandalismo

Após pichação, tumultos e sexo, prefeitura vai cercar praça em Criciúma

Compartilhe

Denis
Por Denis Luciano
29/11/2021 - 10h56 - Atualizada em: 29/11/2021 - 11h14
Pichações da Casa do Papai Noel foram removidas nesta segunda
Pichações da Casa do Papai Noel foram removidas nesta segunda (Foto: Poliana Rodrigues / NSC TV)

Na medida em que o fim do ano se aproximava, era ideia do prefeito Clésio Salvaro (PSDB) lançar um projeto de revitalização e cercamento da Praça do Congresso, ponto nobre da área central de Criciúma. A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), almejando utilizar a praça como um ponto de promoção das campanhas de Natal, solicitou um tempo.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Esse tempo foi concedido. A CDL, então, em parceria com a própria prefeitura, caprichou na iluminação da praça. E programou para ela, na última sexta-feira (26) o evento de abertura do Natal de Criciúma. A Camerata Florianópolis foi contratada, milhares de pessoas compareceram e elogiaram a festa.

Praça ganhou iluminação especial para o Natal
Praça ganhou iluminação especial para o Natal
(Foto: )

Dois incidentes paralelos não chegaram a manchar a chegada do Papai Noel: a arquibancada que cedeu com 100 pessoas, não havendo feridos nem problemas maiores, e o protesto realizado por um grupo de ambientalistas no momento em que o prefeito discursava.

Pichação e até sexo na praça no fim de semana

Mas o fato posterior é que causou maior irritação na prefeitura. Horas depois do evento, por volta das 3h30min da madrugada de sábado (27) vândalos picharam a Casa do Papai Noel, instalada em um imóvel onde, por anos, operaram alguns estabelecimentos comerciais na Praça do Congresso, mas que vinha fechado ultimamente. Os vidros foram pichados, e nem o mármore que cerca um lago anexo escapou.

As pichações foram removidas na manhã desta segunda-feira (29). - Já buscamos as imagens das câmeras da vizinhança, foi um grupo de vândalos, o caso está registrado na Polícia Civil que já assumiu as investigações - conta o diretor da Defesa Civil de Criciúma, Fred Gomes.

Os tumultos na Praça do Congresso no fim de semana não pararam por aí. Na madrugada de sábado para domingo (28) houve mais problemas. Um grupo de jovens promoveu desordens, sendo necessária a presença da Polícia Militar, que foi acionada por vizinhos para tentar espalhar o grupo.

Nem o mármore do lago da praça escapou dos pichadores
Nem o mármore do lago da praça escapou dos pichadores
(Foto: )

- Era um grupo de jovens. Eles estavam em outra praça, daí fomos até lá, eles se deslocaram até a Praça do Congresso. Ligaram som alto, era quase um baile funk, e alguns fizeram atos libidinosos também. Uma situação muito complicada - relata Fred. Houve flagrantes de jovens fazendo sexo na madrugada no local.

Novos ataques de vandalismo à iluminação da praça também ocorreram, com cortes de fios do sistema. - Isso já havia ocorrido outras vezes, se repetiu agora. Colocaram fogo também numa mangueira com lâmpadas de LED - detalha o representante da Defesa Civil.

Prefeitura vai cercar a praça

Com esses incidentes dos últimos dias, volta a ganhar força o projeto de cercamento da praça, que estava em compasso de espera. O debate foi lançado algumas vezes nos últimos anos, sempre encontrando resistências. O prefeito já vinha determinado a realizar a reforma da praça seguida de cercamento, e agora, com os fatos recentes, reforçou a sua ideia.

- O projeto está sendo finalizado. Faltam alguns detalhes. Queremos enviar para licitação em janeiro - confirma o secretário municipal de Infraestrutura, Planejamento e Mobilidade Urbana, Tita Beloli.

Uma audiência pública deverá ser convocada nas próximas semanas, provavelmente no começo de janeiro, depois das festas de fim de ano. O Executivo visa, nessa discussão ampla do projeto de cercamento, aparar as últimas arestas e confirmar o apoio popular à medida. Os parques de Criciúma construídos nos últimos 10 anos (das Nações, Bairro Próspera; Imigrantes, no Rio Maina; e o reformado Centenário, no Pinheirinho) são cercados, sendo fechados nas madrugadas, expediente que será adotado também no novo parque que está em construção, no Bairro Santa Luzia.

A prefeitura fez tratativas junto ao deputado federal Daniel Freitas (PSL-SC) para alcançar uma emenda de R$ 3 milhões para custear a reforma. Caso os recursos não venham, as melhorias ocorrerão com recursos próprios do município.

- É um tema polêmico na cidade, mas vamos sim colocar cerca na praça - havia anunciado à coluna, ainda em julho, o secretário de Governo, Vágner Espíndola, que acompanhou de perto a elaboração do projeto. Houve pelo menos duas tentativas anteriores de apoio para cercar a Praça do Congresso, sem sucesso. O prefeito Salvaro tratou publicamente do tema em um evento em 2020, e agora encaminha para retirar a ideia do papel.

Salvaro tratou do projeto da praça com o deputado Daniel, em julho
Salvaro tratou do projeto da praça com o deputado Daniel, em julho
(Foto: )

O entendimento na prefeitura é que, cercando a praça, será garantida a segurança do espaço e, também, a manutenção do lugar que ganhará uma nova cara com a revitalização que está a caminho.

Leia também:

> Tem problema na questão do Enem que citou o Criciúma

> Extinção de parque ambiental abre ferida verde no coração de Criciúma

> O sucesso de Criciúma na final da Libertadores

Denis Luciano

Colunista

Denis Luciano

Jornalista com longa experiência no rádio e no digital, Denis Luciano aborda os principais assuntos do Sul catarinense, uma das regiões mais relevantes no Estado.

siga Denis Luciano

Denis Luciano

Colunista

Denis Luciano

Jornalista com longa experiência no rádio e no digital, Denis Luciano aborda os principais assuntos do Sul catarinense, uma das regiões mais relevantes no Estado.

siga Denis Luciano

Mais colunistas

    Mais colunistas