nsc
nsc

Investigação

Dupla que atacou ex-marido de deputada queria fugir do país

Compartilhe

Denis
Por Denis Luciano
20/10/2021 - 05h36
Policiais suspeitam que a dupla possa estar na região de Criciúma
Policiais suspeitam que a dupla possa estar na região de Criciúma (Foto: Nathan Neumann / BD)

O casal que esfaqueou o ex-marido da deputada Geovania de Sá na última quarta-feira (13) estava em vias de fugir do Brasil. Foi o que apurou a Polícia Civil que, na sequência das investigações, conseguiu, com a decretação da prisão dos autores do crime, a suspensão dos passapores de ambos, que agora são considerados foragidos.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

- Sim, eles estão com o mandado de prisão em aberto. Foi detectada com clareza a presença deles no carro da vítima. Além da prisão decretada, os passapores foram cancelados e todas as fronteiras já estão orientadas a intercepta-los, caso tentem ainda fugir do país - informa o delegado Márcio Campos Neves, da delegacia de Urussanga, que investiga o caso. Um dos possíveis destinos dos criminosos, um homem e uma mulher, era Portugal.

A vítima é Senair Rodrigues, 54 anos, que já foi candidato a vereador em Criciúma. Ele trabalha com venda de joias e conhecia os autores do crime. - Por isso os autores atraíram a vítima, sob a alegação de que o levariam até um cliente, já que ele vende joias. Eles chegaram a fazer uma refeição juntos no Balneário Rincão - detalha o delegado.

> Governo adia anúncio do Auxílio Brasil após reações do mercado

Vítima levou 80 pontos na mão

Senair sofreu diversas facadas no tórax, depois de ter sido atingido na cabeça pela dupla. Acabou sendo conduzido em estado crítico para o Hospital São José, em Criciúma, onde foi submetido a uma cirurgia na quinta-feira (14) para verificação se houve perfuração de órgãos. - Ele só se salvou pois o homem que o atacou tem problema em um dos braços. E a vítima, a certa altura, segurou a faca pelo fio, por isso teve muitos cortes e foram necessários 80 pontos na mão dele - conta o delegado do caso. A vítima sofreu diversos ferimentos no abdômen, nas costas, na altura do peito, na cabeça e nas mãos.

Depois de restabelecido, Senair teve alta no último sábado (16) e repassou as informações que levaram a polícia a esclarecer o caso. O ataque à vítima aconteceu em Cocal do Sul, na SC-108. - Ele foi atacado com golpes de barra de ferro na cabeça e depois as facadas. Depois disso, a mulher ainda tentou jogar o carro em cima dele, mas não conseguiu pois o carro ficou atolado - sublinhou Márcio. 

> Carlos Moisés nem no PP, nem no MDB

Autor perdeu movimento do braço em outro crime

O homem que participou do ataque ao ex-marido da deputada é um conhecido de longa data da Polícia Civil. Ele perdeu o movimento de um dos braços em um caso de 2012 que resultou na morte de um outro homem. - Trabalhamos nesse caso. Teve um homicídio e uma tentativa de homicídio contra ele, cometidos por um criminoso que depois foi assassinado. Essa pessoa entrou em uma cas, munido de uma arma calibre 12, e atirou contra a vítima, matou uma pessoa e acertou o braço desse rapaz que agora atacou o ex-marido da deputada, por isso que ele não tem o movimento em um dos braços - explicou o delegado.

As buscas ao casal prosseguem. A Polícia Civil suspeita que eles possam estar na região de Criciúma ou até em Laguna, onde possuem um imóvel na praia da Cigana.

Leia também:

> Suspeitas de facilitar "fura fila", servidoras têm bens bloqueados

> União pede nova capa após revista ligar Bolsonaro a Hitler

> As pontes que faltam para unir catarinenses e gaúchos

Denis Luciano

Colunista

Denis Luciano

Jornalista com longa experiência no rádio e no digital, Denis Luciano aborda os principais assuntos do Sul catarinense, uma das regiões mais relevantes no Estado.

siga Denis Luciano

Denis Luciano

Colunista

Denis Luciano

Jornalista com longa experiência no rádio e no digital, Denis Luciano aborda os principais assuntos do Sul catarinense, uma das regiões mais relevantes no Estado.

siga Denis Luciano

Mais colunistas

    Mais colunistas