nsc
nsc

Eleição

Jorginho e Salvaro, encontro com ares de casamento em Criciúma

Compartilhe

Denis
Por Denis Luciano
27/05/2021 - 14h19
Jorginho e Salvaro, muito próximos em Criciúma
Jorginho e Salvaro, muito próximos em Criciúma (Foto: Jhulian Pereira / Decom)

Havia até um saudosismo no ar. O senador Jorginho Mello (PL) e o prefeito Clésio Salvaro (PSDB) foram deputados estaduais juntos, de 2003 a 2008, e não esconderam a proximidade durante a visita do ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, na manhã desta quinta-feira (27) em Criciúma.

Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

- Somos muito amigos, de longos anos - frisou Jorginho. - Meu amigo Jorginho - disse Salvaro, várias vezes. A cordialidade entre ambos permitiu até, na plateia presente, um mix inimaginável para as nuances locais e regionais. Cenário que fomentou as especulações de uma possível parceria entre Jorginho para governador e Salvaro para vice na disputa de 2022 em Santa Catarina.

Jorginho responde acusação de Moisés de causar factóide com CPI

Senador e prefeito trocaram gentilezas durante a visita desta quinta
Senador e prefeito trocaram gentilezas durante a visita desta quinta
(Foto: )

O caso Salvaro e Márcio

Entre os espectadores do ato, estava o ex-prefeito Márcio Búrigo (ex-PP, atual PL). Márcio foi vice de Salvaro em 2008, reelegeram-se em 2012 mas, em seguida, o prefeito perdeu seus direitos políticos. Em eleição suplementar, no ano seguinte, Márcio, com apoio de Salvaro, elegeu-se prefeito. Romperam logo após e, desde então, viveram às turras politicamente.

Márcio elegeu-se em 2013 com apoio de Salvaro. Depois, romperam
Márcio elegeu-se em 2013 com apoio de Salvaro. Depois, romperam
(Foto: )

Agora, os projetos partidários parecem fazer arrefecer os ânimos entre os, pelo visto, ex-desafetos. Salvaro citou Márcio amistosamente durante o discurso de recepção ao ministro Marinho nesta quinta. - Quando o Márcio Búrigo era meu vice-prefeito, fomos a Brasília buscar recursos para essa obra - lembrou, referindo-se ao canal auxiliar, cuja segunda etapa foi oficialmente inaugurada durante a visita ministerial.

As contas do ex-prefeito

Em junho, a Câmara de Criciúma votará uma reprovação que o Tribunal de Contas do Estado (TCE) recomendou às contas da gestão de Márcio Búrigo. E Clésio Salvaro terá um papel preponderante nesse resultado, por conta do amplo domínio da bancada governista no Legislativo. O PL, partido que Márcio coordena na região, tem um vereador em Criciúma.

Os indicativos que partem do Legislativo encaminham uma derrubada da reprovação sugerida pelo TCE, que é uma prerrogativa da Câmara. Esse gesto seria mais um passo determinante rumo à pacificação entre Salvaro e Márcio, já que o ex-prefeito tem planos de concorrer a deputado estadual em 2022, o que não seria possível em caso de reprovação das contas dos tempos de prefeito.

Márcio, antigo desafeto, vira ponto de aproximação entre Salvaro e Jorginho
Márcio, antigo desafeto, vira ponto de aproximação entre Salvaro e Jorginho
(Foto: )

Os sinais emitidos por Salvaro

E essa aproximação com o PL de Jorginho Mello é um importante sinal emitido por Clésio Salvaro. Ele não admite publicamente, mas existe a intenção do tucano de uma participação na eleição majoritária no ano que vem. Sempre que questionado, Salvaro despista e aponta a conclusão do mandato de prefeito, em 2024, como sua principal meta. 

Cabe lembrar que Salvaro tem peso importante no comando estadual do PSDB, já que a presidente do partido em Santa Catarina é a deputada federal Geovania de Sá, cria política de Salvaro. Ela começou sua trajetória como secretária de Assistência Social no primeiro mandato do prefeito, a partir de 2009.

Outro personagem que tem se familiarizado com o ambiente político e pode ter peso nessa equação é o empresário Luciano Hang. Amigo pessoal e dos maiores partidários de Jair Bolsonaro, ele vem se mostrando bastante afinado com o prefeito de Criciúma. Recentemente, trocaram ideias e elogios em uma live e, via redes sociais, um tem sido muito próximo ao outro. Eles conversam com alguma frequência. E como Jorginho tende a ser o nome de Bolsonaro para o governo de Santa Catarina em 2022, aí pode estar sendo aberto mais um canal para a possível composição estadual entre PL e PSDB.

Jorginho e um vice do sul

Na leitura de lideranças da região, algumas da órbita mais próxima de Jorginho Mello, o senador teria simpatia, no seu projeto de concorrer a governador em 2022, por um candidato a vice-governador do sul. Daí despontariam os nomes de Clésio Salvaro, pelo PSDB, e Joares Ponticelli, prefeito de Tubarão, pelo PP. 

Ponticelli, prefeito de Tubarão, também no radar para vice de Jorginho
Ponticelli, prefeito de Tubarão, também no radar para vice de Jorginho
(Foto: )

Ponticelli é mais enfático que Salvaro ao sublinhar a intenção de estar no pleito do ano que vem, reforçando sua intenção de voltar a disputar o Governo (ele foi vice da chapa de Paulo Bauer em 2014, disputa vencida por Raimundo Colombo). Mas o prefeito de Tubarão admite, também, concorrer a deputado federal ou até trocar de partido.

Indicada por Jorginho, desafeto de Salvaro

Ainda na plateia do evento da manhã desta quinta estava a advogada e jornalista Júlia Zanatta, que foi candidata pelo PL de Jorginho Mello à prefeitura de Criciúma em 2020. Terminou a disputa em terceiro lugar, e foi a mais ácida crítica de Clésio Salvaro. Ainda tem sido, pelas redes sociais 

Em 2020, Salvaro foi reeleito em Criciúma, com o vice Ricardo Fabris (PSD)
Em 2020, Salvaro foi reeleito em Criciúma, com o vice Ricardo Fabris (PSD)
(Foto: )

Júlia assumiu, recentemente, a coordenação da Embratur para Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul. Ela tem amizade pessoal com a família Bolsonaro, é advogada do deputado federal Eduardo Bolsonaro e possui aspirações de disputar a eleição de 2022, provavelmente para deputada federal.

Se o namoro entre Jorginho e Salvaro resultar em casamento entre PL e PSDB, alguns desafetos de outros tempos terão que compartilhar palanque.

Leia também:

MP investiga 'fura-fila' da vacina em Urussanga, no sul de SC

Em Criciúma, prefeito insiste em alunos na escola e governador despista

Prefeito de Criciúma anuncia: todas as crianças na escola, hino nacional e pizza

Denis Luciano

Colunista

Denis Luciano

Jornalista com longa experiência no rádio e no digital, Denis Luciano aborda os principais assuntos do Sul catarinense, uma das regiões mais relevantes no Estado.

siga Denis Luciano

Denis Luciano

Colunista

Denis Luciano

Jornalista com longa experiência no rádio e no digital, Denis Luciano aborda os principais assuntos do Sul catarinense, uma das regiões mais relevantes no Estado.

siga Denis Luciano

Mais colunistas

    Mais colunistas