nsc
nsc

Covid-19

Os atrasados: Criciúma registra de 50 a 60 novos vacinados por dia

Compartilhe

Denis
Por Denis Luciano
17/01/2022 - 11h21 - Atualizada em: 17/01/2022 - 11h23
Ainda há busca por primeira dose em Criciúma
Ainda há busca por primeira dose em Criciúma (Foto: Decom / Divulgação)

Nesta segunda-feira (17) faz um ano que o primeiro brasileiro foi vacinado contra a Covid-19. De lá para cá, foram milhões e milhões que buscaram as doses que vêm sendo decisivas para controlar a pandemia. E ainda há casos diários de cidadãos que estão, somente agora, recebendo a primeira dose, mesmo tendo o direito faz tanto tempo. Ao menos em Criciúma, no Sul catarinense.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

- Impressionante como tem aumentado a procura por primeiras doses nos últimos dias aqui - confirmou o secretário municipal de Saúde, Acélio Casagrande. - Com a chegada da variante Ômicron, que está realmente contaminando muito mais pessoas, as pessoas estão percebendo isso na família, no vizinho, e vão se sensibilizando e mudando de ideia - registrou.

Conforme o secretário, Criciúma vem captando de 50 a 60 novos vacinados com primeira dose por dia. - Esse público que não estava vacinado até agora, está vindo, observando os resultados positivos da vacinação - detalhou Acélio. - E quem está com a cobertura completa não está tendo que ir para o hospital, nem agravamento para UTI. Os efeitos favoráveis, positivos das vacinas estão levando as pessoas, as que não acreditavam, a acreditar e buscar - completou.

Desde o início da campanha, Criciúma já aplicou 381.462 doses de vacinas contra a Covid-19. São 179.288 de primeira dose, 158.543 de segunda dose e 43.631 de reforço.

> Pesquisa revela aumento de 158% no número de grupos neonazistas em SC

As vacinas para crianças

Criciúma está preparada para começar, nesta terça-feira (18), a imunização das crianças de 5 a 11 anos. Todas as salas de vacinação do município estarão abertas às 8h. Doses serão levadas também para algumas entidades, como a Associação de Amigos dos Autistas (AMA). A previsão na cidade é imunizar 18,6 mil crianças nessa faixa etária. 

- Recebemos, inicialmente, 1.070 doses, e vamos começar pelas crianças de 11 anos e pelas com comorbidades - explicou o secretário. 

Acélio pontuou que os pais devem ficar atentos para eventuais efeitos colaterais leves das vacinas. - Natural, sempre pode sentir aquela dor no local da vacina, vai sentir um pouco de dor de cabeça, reações normais que acontecem nos adultos e também certamente acontecerão em crianças. Mas sem problemas maiores - apontou.

Secretário Acélio e o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro
Secretário Acélio e o prefeito de Criciúma, Clésio Salvaro
(Foto: )

Acélio espera que a maioria das crianças já esteja imunizada com a primeira dose em Criciúma até a volta às aulas, em 7 de fevereiro. - Chegando aqui, elas não ficarão na geladeira. Vacina chegou, vai para o braço, é aplicada - garantiu.

> Com calor, capivara é flagrada se refrescando no mar

Os novos casos

Conforme o boletim mais recente da Vigilância Epidemiológica, Criciúma está com 1.263 casos ativos. Com esse salto, o município alcançou 41.294 confirmados desde o início da pandemia. - A preocupação segue muito grande pela falta de profissionais da saúde para atender, mais de 100 afastados, essa ausência, essa dificuldade - comentou Acélio.

Há dificuldades para contratar mão de obra visando a reposição desse pessoal afastado. - Como contratar um profissional por 7 a 10 dias de afastamento daquele que positivou? Essa ausência nos traz muitas dificuldades - sublinhou. 

O movimento foi tranquilo nas unidades de saúde no fim de semana, com expectativa de crescimento a partir desta segunda-feira (17). - Fim de semana foi ok na UPA e no 24 Horas, a partir desta segunda começa a superlotação também em todas as unidades de saúde. Durante a tarde estamos atendendo somente síndromes respiratórias, com movimento muito alto - analisou o secretário.

> Carro bate em ciclista, mata idoso e motorista foge

O ritmo de positivados no universo de testados segue o mesmo nos últimos dias, em torno de metade dos que procuram os testes. - Os sintomáticos que chegam à avaliação para teste, e fazem teste, tem dado 50% de casos positivos - confirmou. 

Metade dos testados em Criciúma estão positivando
Metade dos testados em Criciúma estão positivando
(Foto: )

Conforme Acélio, não tem faltado testes de Covid-19 na rede pública em Criciúma. - No setor público não tem faltado testes. Temos um equilíbrio, um saldo possível de segurar um bom tempo. Já solicitamos mais. Criciúma está dando conta do recado - finalizou.

Leia também:

> Na semana da estreia, a luta do Próspera é por um estádio

> Criciúma descobriu uma nova praia: o skate

> Ex-prefeito de Criciúma é detido pela PM em rodovia no litoral Sul

Denis Luciano

Colunista

Denis Luciano

Jornalista com longa experiência no rádio e no digital, Denis Luciano aborda os principais assuntos do Sul catarinense, uma das regiões mais relevantes no Estado.

siga Denis Luciano

Denis Luciano

Colunista

Denis Luciano

Jornalista com longa experiência no rádio e no digital, Denis Luciano aborda os principais assuntos do Sul catarinense, uma das regiões mais relevantes no Estado.

siga Denis Luciano

Mais colunistas

    Mais colunistas