nsc
nsc

Temporal

Os problemas com as chuvas fortes no sul de SC

Compartilhe

Denis
Por Denis Luciano
09/06/2021 - 16h02 - Atualizada em: 09/06/2021 - 16h34
Rua de Balneário Gaivota, na região de Araranguá
Rua de Balneário Gaivota, na região de Araranguá (Foto: Divulgação)

A chuva forte castigou o sul de Santa Catarina nas últimas horas. No acumulado das precipitações de doze horas, quatro cidades da região de Laguna foram as mais atingidas: Tubarão e São Martinho, com 188mm, Jaguaruna com 172 e Imaruí, 169mm.

Imagens aéreas mostram estragos das chuvas no litoral

Receba as notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Na região carbonífera, choveu 128mm em Criciúma, com picos de 136mm no Bairro Quarta Linha e 102mm no Centro. Outra cidade mais castigada na região carbonífera foi Morro da Fumaça, com 104mm. 

Bombeiros resgatando idosa em Morro da Fumaça
Bombeiros resgatando idosa em Morro da Fumaça
(Foto: )

Vídeo mostra mulher "engolida" por ponte que desabou em Brusque

Na Amesc, problemas maiores em Balneário Gaivota, com acumulado de 152mm e Sombrio, com 145. Em Araranguá o montante de chuva chegou a 129mm.

Em Balneário Rincão, danos na Avenida Beira Mar e em uma rodovia, onde o asfalto cedeu
Em Balneário Rincão, danos na Avenida Beira Mar e em uma rodovia, onde o asfalto cedeu
(Foto: )

Laguna em situação de emergência

Laguna foi atingida com 160mm de chuva em 24 horas, com problemas nos bairros Ribeirão Pequeno, Barranceira e Cabeçuda, com deslizamentos, danos em estradas, pontes e muros, além de acessos interrompidos. 

A prefeitura decretou situação de emergência. As aulas na rede municipal foram realocadas para atividades não presenciais, e alunos de uma creche precisaram ser retirados pela Defesa Civil no bairro Cabeçuda. As linhas de ônibus foram suspensas.

Veja imagens da destruição com a chuva em cidades de SC

Ocorrências na região

Em Criciúma, uma árvore caiu sobre uma residência no Bairro Vera Cruz. Não houve feridos. A Rodovia Luiz Rosso, acesso Centro à cidade, teve problemas de alagamentos, dificultando o tráfego. 

Em Morro da Fumaça, o Corpo de Bombeiros precisou resgatar uma idosa de 86 anos de uma residência, que estava tomada pela água. Com dificuldades de locomoção, ela precisou do socorro junto com seu neto de 8 anos. Houve a necessidade do uso de um barco para a remoção.

Bairro Quarta Linha, em Criciúma
Bairro Quarta Linha, em Criciúma
(Foto: )

Em Sombrio, quatro veículos restaram danificados de uma aquaplanagem na BR-101. Houve, ainda, inundação de uma residência, com a família tendo se retirado por conta própria, antes da chegada dos bombeiros.

Carros atingidos por aquaplanagem na BR-101, em Sombrio
Carros atingidos por aquaplanagem na BR-101, em Sombrio
(Foto: )

Em Balneário Gaivota, uma casa foi inundada, e os bombeiros tiveram que remover um idoso acamado. Em Balneário Arroio do Silva, uma casa foi destelhada, e houve a necessidade de uso de lona para a cobertura provisória.

Leia também:

SC aguarda mais de 100 mil doses da vacina da Janssen

Suspensa pela pandemia, nova sede da Câmara vira depósito em Criciúma

Mais uma etapa vencida para ampliação do Anel Viário de Criciúma

Denis Luciano

Colunista

Denis Luciano

Jornalista com longa experiência no rádio e no digital, Denis Luciano aborda os principais assuntos do Sul catarinense, uma das regiões mais relevantes no Estado.

siga Denis Luciano

Denis Luciano

Colunista

Denis Luciano

Jornalista com longa experiência no rádio e no digital, Denis Luciano aborda os principais assuntos do Sul catarinense, uma das regiões mais relevantes no Estado.

siga Denis Luciano

Mais colunistas

    Mais colunistas