nsc
nsc

Obra

Mais uma etapa vencida para ampliação do Anel Viário de Criciúma

Compartilhe

Denis
Por Denis Luciano
09/06/2021 - 06h04
Hoje o Anel Viário de Criciúma termina assim, logo após um viaduto
Hoje o Anel Viário de Criciúma termina assim, logo após um viaduto (Foto: Denis Luciano / NSC Total)

Em recente visita a Criciúma, há pouco mais de duas semanas, o governador Carlos Moisés (PSL) anunciou o apoio do Governo do Estado às obras, reivindicadas faz anos, da quarta etapa do Anel de Contorno Viário. - O prefeito está providenciando os projetos ambientais. Assim que concluir, vamos investir sim - reforçou.

Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Uma fase importante foi vencida nesta terça-feira (8). A Câmara aprovou o projeto do Executivo que autoriza a contratar a elaboração dos projetos de desapropriação e ambientais para a continuidade das obras da rodovia. Com os projetos, serão buscadas a Licença Ambiental Prévia (LAP), Licença Ambiental de Instalação (LAI) e Licença Ambiental de Operação (LAO) necessárias para que a obra seja executada pelo Estado.

Estado garante recursos para quarta etapa do Anel Viário de Criciúma

Prefeitura autorizada a contratar licenças

O projeto foi aprovado por unanimidade, e a busca das licenças terá um custo de R$ 200 mil para o município. Antes da votação, o vereador Miguel Pierini (PP) lembrou que na segunda quinzena de abril, quando Daniela Reinehr (sem partido) estava governadora, um grupo de Criciúma foi recebido pelo então secretário de Infraestrutura, Leodegar Tiscoski, para tratar do assunto. - Ali foi dito que esse trabalho das licenças teria que ser com a prefeitura, trouxemos para o prefeito - destacou. 

- De acordo com o próprio governador, o município tendo esses documentos o Estado encaminha a obra. É uma obra muito necessária - reforçou o vereador Nicola Martins (PSDB), líder do governo na Câmara. - É uma demanda antiga, precisamos concluir - emendou.

Hoje, estrada com fim depois do viaduto

O trecho a ser pavimentado tem 2,6 quilômetros e o custo da obra está estimado em R$ 16 milhões. O asfalto será feito a partir de um viaduto que encontra-se sem sequência na altura do Bairro Vila Zuleima junto à SC-445. 

Quem trafega pelo Anel Viário encontra a terceira etapa a partir da SC-108, no acesso a Cocal do Sul, e passa pelos bairros São Simão e Mina do Mato, em Criciúma, até chegar no viaduto onde, logo em seguida, o asfalto simplesmente termina. Antes do viaduto, uma placa indica que, seguindo reto, chega-se a Nova Veneza. É o que será efetivamente possível a partir da conclusão da quarta etapa do Anel Viário. 

Com quarta etapa do Anel Viário, um novo acesso a Nova Veneza
Com quarta etapa do Anel Viário, um novo acesso a Nova Veneza
(Foto: )

Atualmente, há uma estrada de chão batido em parte do caminho a ser percorrido pelo Anel Viário pavimentado. O fim da nova via se dará na Avenida Luiz Lazzarin, no acesso ao distrito do Rio Maina. 

Em 2018, o então governador Eduardo Pinho Moreira (MDB) participou de um ato em Criciúma para marcar a assinatura do contrato com a empresa que elaboraria o projeto executivo para esta quarta etapa do Anel Viário. 

O então governador Eduardo Moreira assinando ato para obra em 2018
O então governador Eduardo Moreira assinando ato para obra em 2018
(Foto: )

Na ocasião, o prefeito Clésio Salvaro (PSDB) lembrava que uma alteração no projeto viabilizaria a execução com menor custo. - O Anel Viário vai seguir pelo antigo leito da estrada de ferro, enquanto o projeto anterior margeava comunidades, tendo custo maior. Com a remoção dos trilhos que fizemos, entre 2009 e 2010, a rua está aberta e as desapropriações são poucas no trecho para resolver esse grande problema de mobilidade em Criciúma - acentuou.

Trecho do Anel Viário é inaugurado em Criciúma

Anel incompleto e desafios no trânsito

Sobre a mobilidade, o Anel Viário não será completado em Criciúma depois desta quarta e última etapa. Acontece que quando ele foi concebido, nos anos 90, houve a execução das duas primeiras fases, que partem do Bairro Universitário, em Criciúma, avança por Içara e alcança a SC-108, onde inicia a terceira etapa entregue ao tráfego em 2017. O trecho final para fechar o contorno seria da Avenida Luiz Lazzarin ao Universitário, mas atualmente o trecho está totalmente urbanizado, e as desapropriações são inviáveis.

Viaduto da SC-445, na Vila Zuleima, passa sobre a SC-445
Viaduto da SC-445, na Vila Zuleima, passa sobre a SC-445
(Foto: )

E a quarta etapa a ser construída trará um desafio aos engenheiros de trânsito. Ocorre que ela desembocará na Luiz Lazzarin, que é uma das três vias mais movimentadas de Criciúma. Invariavelmente, sofre com engarrafamentos nas primeiras horas do dia e nos finais de tarde. Uma grande rótula deverá ser executada no encontro da avenida com o novo trecho do Anel Viário, nas proximidades do principal acesso ao distrito do Rio Maina, que conta com mais de 60 mil habitantes, quase 30% da população de Criciúma.

Leia também:

Obras combatem gargalos viários e problemas de mobilidade no Sul de SC

Até dezembro, um renovado acesso Sul a Criciúma

Da Estrada da Poeira a uma rota de romeiros em Criciúma

Denis Luciano

Colunista

Denis Luciano

Jornalista com longa experiência no rádio e no digital, Denis Luciano aborda os principais assuntos do Sul catarinense, uma das regiões mais relevantes no Estado.

siga Denis Luciano

Denis Luciano

Colunista

Denis Luciano

Jornalista com longa experiência no rádio e no digital, Denis Luciano aborda os principais assuntos do Sul catarinense, uma das regiões mais relevantes no Estado.

siga Denis Luciano

Mais colunistas

    Mais colunistas