nsc
nsc

Covid-19

Por falta de vacinas, primeira dose está suspensa em Criciúma

Compartilhe

Denis
Por Denis Luciano
20/07/2021 - 05h56
Vacinação deve ser retomada na quarta-feira em Criciúma
Vacinação deve ser retomada na quarta-feira em Criciúma (Foto: Divulgação)

As cerca de mil doses de vacinas contra a Covid-19 que ainda restavam nas unidades de saúde de Criciúma esgotaram-se ao longo desta segunda-feira (19). Com isso, não haverá aplicação de primeira dose para as pessoas de 35 anos ou mais nesta terça (20). 

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

- Temos a expectativa de receber mais doses e retomar a vacinação na quarta - aponta o secretário municipal de Saúde, Acélio Casagrande. Com a dificuldade na quantidade de doses, Criciúma já desacelerou no fim de semana, não promovendo campanha no sábado (17). O público de 35 anos não foi integralmente coberto ainda.

A cidade estabeleceu uma meta recente: de imunizar os pertencentes aos grupos convocados em até 5 dias. Depois, quem estiver entre os chamados e não comparecer vai para o fim da fila. Essa é uma das medidas adotadas contra os que buscam escolher a vacina.

Conforme os dados divulgados na tarde desta segunda, Criciúma já aplicou 145.992 vacinas, sendo 102.258 de primeira e 36.370 de segunda dose, além de 7.004 de dose única. 

Criciúma está com 433 casos ativos de Covid-19 e 613 óbitos registrados desde o início da pandemia. São 36.733 casos confirmados, 35.687 pacientes recuperados e 108 internados, sendo 42 positivados em leitos de UTI.

Transporte coletivo com 70%

Mudanças envolvendo a capacidade dos ônibus que rodam por Criciúma no transporte coletivo municipal. O decreto 1485/2020, assinado pelo prefeito Clésio Salvaro (PSDB), permitiu as operações com os veículos tendo 70% da capacidade. 

Ônibus podem andar com 70% da capacidade de passageiros em Criciúma
Ônibus podem andar com 70% da capacidade de passageiros em Criciúma
(Foto: )

No decreto, consta ainda a necessidade de respeito das normas de segurança, com uso de álcool gel nos ônibus e nas plataformas de embarque e desembarque, além do uso obrigatório de máscaras.

Leia também:

> A cada nove vacinados, um não se imunizou contra a Covid em Criciúma

> Juiz que deu bronca a favor da máscara morre vítima de Covid em Criciúma

> Abandono do uso de máscaras é uma preocupação em Criciúma

Denis Luciano

Colunista

Denis Luciano

Jornalista com longa experiência no rádio e no digital, Denis Luciano aborda os principais assuntos do Sul catarinense, uma das regiões mais relevantes no Estado.

siga Denis Luciano

Denis Luciano

Colunista

Denis Luciano

Jornalista com longa experiência no rádio e no digital, Denis Luciano aborda os principais assuntos do Sul catarinense, uma das regiões mais relevantes no Estado.

siga Denis Luciano

Mais colunistas

    Mais colunistas