Amados, há pouco mais de uma semana iniciei uma conversa com o garoto Guilherme. Infelizmente, ele contraiu um quadro crítico de tuberculose. A partir da descoberta da doença, iniciou uma verdadeira guerra para se recuperar e ter o menor impacto possível. Pois bem, o cara teve que ingerir altas doses de medicamentos, o que acabou gerando outras necessidades. Hoje, nosso amiguinho precisa urgentemente fazer duas cirurgias caras de implantação de próteses no quadril.

Continua depois da publicidade

> Quer receber notícias por WhatsApp? Inscreva-se aqui

> Grupo Heróis Floripa ajuda menino que tem a doença rara Cutis Laxa

Num papo informal com alguns profissionais do SUS, fiquei sabendo que o caminho feito pelo garoto é o mais certo: a busca por um tratamento particular. Por se tratar de um paciente relativamente novo, as próteses importadas, geralmente implantadas em cirurgias pagas, são as que têm vida útil consideravelmente longa. Por isso, tomo a liberdade de trazer o apelo do meu mais novo amigo aqui para o nosso cantinho. 

É através de uma campanha online para levantamento de recursos que suas esperanças seguem firmes e fortes. 

Continua depois da publicidade

Aqui está a vaquinha para ajudar o gui!

Deixo aqui também, sem cortes, o texto que ele tem divulgado na internet. Se você é daqueles que se sensibiliza e gosta de ajudar quem precisa, essa mensagem é pra você. 

Olá, eu me chamo Guilherme Meneghel, tenho 25 anos, natural de Florianópolis (Santa Catarina). Vou contar um pouco da minha história: em Agosto/2018 comecei a ter muita dor de garganta, perda de voz, falta de ar, refluxo, sintomas estes que me fizeram a buscar ajuda médica. Durante 3 meses de idas a médicos, especialistas de otorrinolaringologista, nunca recebi diagnóstico corretamente (informavam que era apenas dor de garganta), o que agravou minha situação. No dia 14 de Novembro de 2018, após tossir muito sangue, procurei emergência do Hospital Regional e fui diagnosticado com tuberculose pulmonar e laringe. A Tuberculose é uma doença infectocontagiosa causada por uma micro bactéria que pode atingir diferentes órgãos, como pulmão, pleura, ossos, sistema nervoso, entre outros, onde no meu caso, o meu pulmão e minha laringe foram atingidos.

A partir do diagnóstico correto, iniciei o meu tratamento que duraria 06 meses. Nos primeiros meses deste tratamento houve uma melhora , comecei a recuperar a minha voz e me sentir mais disposto. No quarto mês de tratamento estava com muita dor de cabeça, voltei a procurar por 03 vezes a emergência, onde me medicavam e me mandavam para casa. A médica responsável pelo meu tratamento me internou as pressas assim que viu minha situação no Hospital Nereu Ramos com suspeita de tuberculose meníngea, que acabou sendo confirmado, com 1,80 de altura cheguei aos 46 quilos. A tuberculose meníngea é uma infecção das meninges decorrente de uma tuberculose não tratada corretamente, no meu caso por negligência médica, se tornando uma tuberculose multirresistente.

Finalmente com o tratamento correto para tuberculose multirresistente, eu fiquei 27 dias internado tomando um coquetel de remédios muito fortes entre eles o corticoide para combater a bactéria que se alojou na meninge. O meu tratamento durou o total de 02 anos (finalizando em 22/09/2020) causando efeitos colaterais durante o tratamento todo como: inchaço, alergia e manchas pelo corpo.

Continua depois da publicidade

O que me faz vir pedir ajuda, é que a principal sequela deixada por esta doença foi OSTEONECROSE AVASCULAR NA CABEÇA FEMORAL BILATERAL que é associada pelo uso de corticoides. Esta doença me causa dor, acometeu os dois lados do meu quadril, dificultando meus movimentos, como andar, sentar e até mesmo me vestir e calçar meus sapatos.

A única solução para o meu caso é cirúrgico. Preciso de duas próteses de quadril, no entanto não tenho condições financeiras de arcar com os gastos de internação, cirurgia e pós cirúrgico. Corro contra o tempo, pois a doença se agrava a cada dia, pois estou perdendo as funções do meu quadril. Preciso fazer esta cirurgia urgentemente pois as chances de ficar de cadeira de rodas são grandes. Não posso depender do SUS pois ficarei na fila de espera e o meu caso não posso perder mais tempo.

Enfim, hoje peço humildemente ajuda para recuperar a minha mobilidade e esperança de ter uma vida normal. Sinto medo que essa doença roube o meu futuro e atrapalhe meus planos pessoais e profissionais.

Conto com a ajuda de vocês para viver uma vida normal novamente. Desde já agradeço!

Visite o perfil do Guilherme no Instagram ou fale diretamente com ele através do WhatsApp

Leia também:

Menino de oito anos raspa cabelo de seu médico após cirurgia no cérebro

Vizinhos cuidam de lavoura no Sul de SC após família contrair coronavírus: “Não tem palavras para agradecer”

Continua depois da publicidade

Destaques do NSC Total