Cara, fiz um teste em diversos lugares por onde transito. Saí por aí perguntando sobre o processo que culminou no afastamento do governador Moisés, a fim de saber se as pessoas sabiam o que estava rolando de fato. Fiquei simplesmente perplexo com as respostas que recebi. Alguns sequer sabiam o nome do atual governador, mas sabiam que tinham depositado o voto nele. Outros nem sabiam que a vice, atual governadora, é uma mulher.

Continua depois da publicidade

> Como ficam o governo de SC e os processos de impeachment a partir da próxima semana

> Quer receber notícias por WhatsApp? Inscreva-se aqui

Na boa, se você está pensando que transitei somente em guetos, favelas e morros, lamento informá-lo que se enganou feio. Sabem o que isso significa? Que o povo vota no impulso, por pressão, falta de opção e pesquisa, ou ainda, porque simplesmente incorporou aquele dito popular “Maria vai com as outras”. Cara, é justamente aí que devemos mudar. Precisamos urgentemente acordar para o fim da ignorância política.

> Consulte a lista de candidatos a prefeito e vereador de sua cidade

Não estou aqui tecendo críticas aos políticos que estiveram direta e indiretamente envolvidos com as mudanças de poder no governo, mas sim, alertando que devemos ser mais cientes do poder que temos quando depositamos nossas fichas em alguém através do voto. Caso contrário, não vamos saber em quem votamos para vereador e prefeito em 2020, o ano que nos transformou. Pandêmica deve ser a nossa consciência de cidadão. Pensem!

Continua depois da publicidade

Leia também:

Videoclipe produzido durante o FAM 2020 atravessa fronteiras

Rapper catarinense recebe artistas brasilienses para gravar novo videoclipe

Tatuadora de Florianópolis lança projeto para ajudar mulheres que enfrentam câncer de mama

Destaques do NSC Total