nsc
    nsc

    SEM AULAS PRESENCIAIS

    Aulas presenciais nas escolas municipais da Serra de SC não retornam neste ano

    Compartilhe

    Eduarda
    Por Eduarda Demeneck
    08/10/2020 - 11h42 - Atualizada em: 08/10/2020 - 11h56

    Prefeitos e secretários de educação das 18 cidades da Associação dos Municípios da Região Serrana (Amures) se reuniram virtualmente nesta quarta-feira (7) e decidiram que as aulas na rede municipal não voltam presencialmente neste ano. A decisão foi por unanimidade. 

    > Chapecó autoriza volta às aulas gradual a partir da próxima semana

    > SC tem 12 regiões com risco grave e quatro com risco alto para coronavírus

    Entre as cidades estão Lages, São Joaquim, Correia Pinto e Otacílio Costa. Prefeitos e secretários alegaram que pesquisas feitas com familiares mostram que entre 40% e 90% disseram que não enviariam os filhos para escola. Além disso, há a necessidade da compra de equipamentos de proteção individual e o risco de novas contaminações pelo aumento de circulação de pessoas.

    Em relação às aulas na rede particular, na maior cidade da Serra, em Lages, ainda não tem nada definido. A prefeitura vai realizar na próxima semana reuniões como o Comitê Municipal para dar encaminhamentos e definir a melhor escolha para a rede privada, com planejamento para que este retorno aconteça da forma mais segura possível.

    > Quais as chances de volta às aulas nas universidades de Blumenau

    - Estamos na fase da criação e implementação das diretrizes municipais. Para que cada escola, tanto pública como privada, possa voltar a sua normalidade, precisamos colocar em prática este planejamento e homologar junto ao comitê - destaca a secretária da Educação de Lages, Ivana Michaltchuck.

    > Sindicato dos professores é contra volta às aulas agora em SC: "Não há segurança"

    > Municípios são contra volta às aulas presenciais em SC em 2020

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas