nsc
nsc

Tecnologia

BRF usa drones no transporte entre granjas em Santa Catarina

Compartilhe

Estela
Por Estela Benetti
29/04/2022 - 15h29
Drones passam a fazer transporte entre granjas da BRF em SC
Drones passam a fazer transporte entre granjas da BRF em SC (Foto: BRF, Divulgação)

Drones são o novo meio de transporte da BRF para levar material genético entre uma granja e outra em fazenda da empresa no município de Faxinal dos Guedes, no Oeste de Santa Catarina. Os equipamentos fazem as entregas em voos de até oito minutos entre ida e volta. Antes, o transporte era por caminhão, com demora de 1h30min a 2h nas seis granjas da propriedade de 1,3 mil hectares.

> Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

Esse novo sistema é mais rápido e também sustentável, por não emitir efluentes na atmosfera. Os drones têm capacidade para levar no máximo 2,5 quilos, o que equivale a 40 doses. O material é coletado no Centro de Difusão Genética (CDG) da propriedade. Atualmente, são 23 viagens por dia.

As granjas ficam entre 296 metros a 840 metros do CDG. O projeto tem parceria da empresa Speedbird Aero. O projeto piloto foi realizado pela BRF na unidade de Toledo, no Paraná. O transporte obedece normas de biossegurança.

Leia também

Cidades do Sul do Brasil lançam a Tech Road, rodovia da tecnologia

IFSC inaugura usina solar em campus de Florianópolis

Procuradoria de SC pede prorrogação de decisão liminar sobre o preço do gás natural até dezembro

Catarinenses vão liderar a Associação Brasileira de Microcrédito​

Intelbras reduz conta de luz em 25% com usina solar na cobertura​

Estela Benetti

Colunista

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

siga Estela Benetti

Estela Benetti

Colunista

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

siga Estela Benetti

Mais colunistas

    Mais colunistas