Pessoa mais jovem do mundo a receber o Nobel da Paz e incentivadora da educação para meninas, a ativista paquistanesa Malala Yousafzai recebeu um presente da empresa Döhler, de Joinville, que há 141 anos fabrica produtos têxteis. A entrega foi realizada pela nadadora joinvilense Mariana Mello, que teve a oportunidade de conhecer Malala em Londres, onde ela vive atualmente.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

– Uma honra para a Döhler SA entregar, por meio da nadadora joinvilense Mariana Mello, um presente para Malala Yousafzai, a pessoa mais jovem a receber um Prêmio Nobel da Paz. Malala e Mariana são duas mulheres incríveis que representam a luta pela inclusão e o desejo de um mundo mais justo, pacífico e sustentável, compromisso da Döhler SA – afirmou a empresa em publicação.

O presente é um produto têxtil fabricado em Joinville com uma mensagem sobre sustentabilidade

Nascida no Paquistão, país da Ásia, Malala foi atingida por tiros em 2012, quando entrou no ônibus para voltar do colégio. Isso porque lá a maioria das meninas têm o direito de educação violado. Ela foi atingida na cabeça, correu risco de morte, mas quando melhorou, mudou com a família para a Inglaterra. Dois anos depois, em 2014, ganhou o Nobel da Paz e hoje lidera instituição social que incentiva meninas a estudar.

A joinvilense Mariana Mello é embaixadora Cochlear representando o Brasil no Programa Achieve Anything. Este encontro foi promovido como uma das ações do programa realizado entre a Cochlear Foundation em parceria com o Malala Fund.

Continua depois da publicidade

Secretarias do Estado elaboram programa para formação de profissionais de TI

A centenária Döhler, que conta com cerca de 3 mil colaboradores, faz produtos têxteis de cama, mesa, decoração e outros, com atenção à sustentabilidade. Foi a primeira empresa de SC a adotar o gás natural, insumo considerado mais sustentável, e desenvolve outras ações na área. Recentemente, forneceu cortina ecológica, feita de garrafas Pet, para a exposição Poética do Fazer, do Museu de Arte Brasileira, em São Paulo.

Leia também:

Grupo CRH, dono da Tigre, lança projeto para “Campo Alegre ser nova Gramado”

Acif empossa nova diretoria e celebra 208 anos com entrega de medalhas

Com R$ 4,5 bilhões para energia, SC convida investidores ao Estado

Destaques do NSC Total