nsc
nsc

Instituição financeira

Fintech Asaas é autorizada pelo BC a atuar como instituição de pagamento

Compartilhe

Estela
Por Estela Benetti
10/06/2021 - 18h11 - Atualizada em: 10/06/2021 - 18h34
Fundador e CEO da Asaas, Piero Contezini
Fundador e CEO da Asaas, Piero Contezini (Foto: Asaas, Divulgação)

O Banco Central do Brasil (BC) autorizou a fintech Asaas, de Joinville, Santa Catarina, a atuar com instituição de pagamento nas modalidades de emissor de moeda eletrônica e emissor de instrumento de pagamento pós-pago. Essa decisão do BC permite à empresa prover números de contas bancárias conectados ao Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB) para as 86 mil contas ativas que tem. Assim, elas poderão executar as transações permitidas pelo PIX, que é o sistema de pagamento instantâneo do BC.

Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Segundo o fundador e CEO da Asaas, Piero Contezini, a empresa é a primeira de SC a obter essa autorização do BC. Isso coloca a fintech na mesma categoria de grandes instituições como Cielo, Neon e o Nubank, esse que acaba de receber aporte milionário do investidor Warren Buffett. Esse reconhecimento do BC significa mais segurança para o cliente da Asaas, que passa a ser mais acompanhada pela autoridade monetária do país.

Fintech Asaas, de Joinville, compra empresa de Curitiba

De acordo com a diretora Jurídica e Regulatório do Asaas, Thaís Bastian Consiglio, a homologação do BC sempre foi um objetivo da empresa, para poder oferecer ao cliente mais segurança e condições de atuar de forma independente. Esse pleito foi solicitado há dois anos e meio.

Com forte atuação junto a pequenas e microempresas, a Asaas tem clientes em todos os estados brasileiros. Atualmente, eles transacionam na empresa mais de R$ 6 bilhões. Segundo o CEO, a fintech também está reivindicando no Banco Central licença para atuar como Sociedade de Crédito Direto (SCD). O objetivo é oferecer crédito para os empreendedores individuais, que já são em mais de 38 milhões no Brasil.

- Com o uso de tecnologias de ponta, pretendemos revolucionar como o pequeno negócio faz a sua gestão financeira e se relaciona com seus clientes e com o mercado – afirma Piero Contezini.

Entre os serviços que destacam a Asaas está a solução completa para a gestão de cobranças, pagamentos e antecipações, focada em micro e pequenos empreendedores. Segundo Piero Contezini, a eficiência nas cobranças melhora a gestão das pequenas empresas e a renda das famílias. A Asaas já recebeu R$ 45 milhões de aportes de investidores e também iniciou aquisições para ampliar os serviços. Há pouco tempo, comprou uma empresa de ERP SaaS, para reforçar a atuação junto a empreendedores.

Leia mais:

Sai a lista dos 15 semifinalistas do Personalidade de Vendas ADVB/SC

SCGás e outras empresas selecionam 11 fornecedores para compras a partir de 2022

Estela Benetti

Colunista

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

siga Estela Benetti

Estela Benetti

Colunista

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

siga Estela Benetti

Mais colunistas

    Mais colunistas