nsc
nsc

Educação

Programa Novos Caminhos avança em educação para adolescentes

Compartilhe

Estela
Por Estela Benetti
12/12/2021 - 17h54
Líderes apoiadores do programa: Mario Cezer de Aguiar, da Fiesc; Ademar Paes Junior, da ACM; Marcelo Pizolati, do PJSC e Ricardo Roesler, do TJSC
Líderes apoiadores do programa: Mario Cezer de Aguiar, da Fiesc; Ademar Paes Junior, da ACM; Marcelo Pizolati, da AMC e Ricardo Roesler, do TJSC (Foto: Divulgação)

O encerramento das atividades de 2021 do Programa Novos Caminhos, que realiza formação de adolescentes em situação de medidas protetivas definidas pela Justiça, teve apresentação dos resultados dos oito anos de trabalho em evento com a participação de líderes de entidades mantenedoras. Desde que foi iniciado no Estado, mais de 500 adolescentes foram acolhidos e cerca de 150 inseridos no mercado de trabalho.

Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

O Novos Caminhos é desenvolvido em parceria entre o Poder Judiciário e diversas entidades do Estado. Participaram da reunião os presidentes do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), Ricardo Roesler; da Associação Catarinense de Medicina (ACM), Ademar José de Oliveira Paes Junior; da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), Mario Cezar de Aguiar; e da Associação dos Magistrados Catarinenses (AMC) Marcelo Pizolati.

Também estiveram a coordenadora da Infância e da Juventude do TJSC, Rosane Portella Wolff; e o ex-presidente da Ordem dos Advogados de SC (OAB/SC) Paulo Marcondes Brincas.

A inclusão no mercado de 150 jovens foi por meio de estágios, programas de aprendizagem ou contratações junto a aproximadamente 100 empresas apoiadoras. Os jovens com medidas protetivas recebem acompanhamento individual e são encaminhados para programas educacionais para que identifiquem potenciais carreiras e já comecem a trabalhar.

Segundo o presidente da ACM, Ademar Paes Junior, o apoio a esse programa é uma das ações de responsabilidade social da entidade médica no Estado.

- A ACM e seus associados, mais uma vez, se unem para promover a solidariedade, contribuindo de forma efetiva para a sociedade, oportunizando formação e inclusão. Dessa forma também colaboramos para a saúde da população catarinense, que também depende de acesso a melhores condições de vida e anda lado a lado com o desenvolvimento socioeconômico – afirma Ademar Paes Junior.

Leia também

Aumento de 48% na tarifa de gás natural leva SC a questionar Petrobras no Cade

Summit Cidades debate uso de tecnologias para preservar o meio ambiente

TIM aguarda Anatel para liberar 5G nas capitais e planeja preços inspirados na Uber

Estela Benetti

Colunista

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

siga Estela Benetti

Estela Benetti

Colunista

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

siga Estela Benetti

Mais colunistas

    Mais colunistas