Dos três contornos ferroviários previstos para o Norte do Estado, o de São Francisco do Sul deve ter obras reiniciadas primeiro. Em reunião no Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) em Brasília para tratar do assunto, os secretários de Estado de Portos, Aeroportos e Ferrovias, Beto Martins; e de Articulação Nacional, Vânia Franco foram informados pelo analista Jean Carlo Trevisolo de Souza de que esse projeto conta com R$ 53 milhões previstos para este ano e a licença ambiental já foi concedida pelo Instituto do Meio Ambiente (IMA).  

Continua depois da publicidade

Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Esse e mais dois contornos, os de Joinville e Jaraguá do Sul são obras esperadas há cerca de 30 anos, mas não avançaram. O contorno de São Francisco começou anos atrás, até em função da privatização da ferrovia, mas não avançou. Os secretários Beto Martins e Vânia Franco discutiram essa agenda atendendo pedido do governador Jorginho Mello, que está sendo cobrado para fazer esforço a fim de que as obras sejam realizadas.

Em longa reunião, também foram discutidas as obras para Joinville e Jaraguá do Sul, que também podem ser retomadas. Segundo o executivo do DNIT, o ministério dos Transportes vai repassar ao departamento R$ 20 milhões para esses dois contornos.

As queixas dos moradores sobre os transtornos dos trens nas cidades são constantes. Ocorrem acidentes envolvendo veículos, demora para passagem do trem ou barulho quando o transporte é à noite.

Continua depois da publicidade

Leia também

Fiesc entrega a comenda Ordem do Mérito Industrial 2023 para empresários

Nova política de preços da Petrobras é bem aceita e cenário permite redução

ArcelorMittal Vega conclui primeira etapa de expansão bilionária em SC

Destaques do NSC Total