nsc
nsc

Eletrodomésticos

Tecnologia da Embraco vai integrar geladeiras da gigante Xiaomi

Compartilhe

Estela
Por Estela Benetti
11/01/2022 - 14h41
Executivos da Xiaomi e da Nidec Global Appliance se reuniram mês passado para firmar a parceria
Executivos da Xiaomi e da Nidec Global Appliance se reuniram mês passado para firmar a parceria (Foto: Reprodução, Linkedin)

A Xiaomi, empresa chinesa que é uma das gigantes mundiais de tecnologia, vai usar uma solução desenvolvida em Santa Catarina pela Embraco. O compressor inverter é o destaque da nova linha de refrigeradores da Xiaomi, que, além de ter sido a segunda maior fabricante de smartphones do mundo, está investindo forte na diversificação do portfólio, com atuação em eletrodomésticos inteligentes e até carros elétricos.

Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp No final do ano passado, a Embraco, hoje uma marca da japonesa Nidec Global Appliance (NGA), e a Xiaomi firmaram uma parceria para uso de tecnologias. Ficou definido que a nova linha de refrigeradores domésticos da chinesa usará compressores de velocidade variável, em portfólio que inclui desde o produto de entrada, o FMX, até a plataforma premium, que é o VES. Esses compressores foram desenvolvidos pelo time Embraco de pesquisa em Joinville para alcançar maior eficiência energética. Depois passaram a ser produzidos pelas fábricas da empresa no mundo, inclusive a da China, que vai atender a Xiaomi. A parceria incluiu também o fornecimento de motores elétricos da marca Nidec para máquinas de lavar roupas.

O encontro em Pequim teve as participações do sócio e vice-presidente da Xiaomi, Zhang Feng, e do presidente do comitê de compras do grupo, Liu Uao Ping, que também é gerente geral da divisão de eletrodomésticos. Com perfil de empresa que cresce de forma acelerada, a chinesa procura fazer parcerias com empresas que detém tecnologias de ponta. Em julho de 2019, o grupo japonês Nidec adquiriu a Embraco, de Joinville, fabricante de compressores para refrigeração, por US$ 1,08 bilhão.

Leia também

Exportação cresce 26,6% e corrente de comércio chega a US$ 35 bilhões em SC

SC soma em 2021 saldo de 138 mil novas empresas; 77% são MEIs

Estela Benetti

Colunista

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

siga Estela Benetti

Estela Benetti

Colunista

Estela Benetti

Especialista na economia de Santa Catarina, traduz as decisões mais relevantes do mercado, faz análises e antecipa tendências que afetam a vida de empresários, governos e consumidores.

siga Estela Benetti

Mais colunistas

    Mais colunistas