nsc
nsc

ORÇAMENTO DE 2022

Bolsonaro fala em recompor verbas de rodovias em SC: “Estão me esculhambando"

Compartilhe

Evandro
Por Evandro de Assis
27/01/2022 - 12h02 - Atualizada em: 27/01/2022 - 16h27
Bolsonaro falou sobre SC com apoiadores em Brasília
Bolsonaro falou sobre SC com apoiadores em Brasília (Foto: Foco do Brasil, Reprodução)

O presidente Jair Bolsonaro (PL) comentou nesta manhã de quinta-feira (27) o corte de R$ 43 milhões no orçamento de rodovias federais em Santa Catarina. Em conversa com apoiadores, em Brasília, Bolsonaro disse que pretende recompor os valores ao longo do ano em razão de excesso de arrecadação. Bolsonaro vetou, segunda-feira (24), parte dos valores direcionados a quatro rodovias: BR-470, BR-280, BR-163 e o trecho antigo da BR-101 em Araranguá.

> Receba notícias de Blumenau e região direto no Whatsapp.

— Parte da imprensa de SC está batendo em mim porque eu cortei R$ 38 milhões do orçamento de Santa Catarina. Eu cortei R$ 3 bilhões do Brasil todo. O Parlamento fez um orçamento além da previsão de receitas, sou obrigado a cortar. Estão me esculhambando em Santa Catarina porque cortei R$ 38 milhões. Mas a gente vai recompor ao longo do ano porque tem excesso de arrecadação — afirmou.

Bolsonaro foi provocado a falar sobre o assunto ao parar para cumprimentar apoiadores, em Brasília. Ele citou o valor de R$ 38 milhões equivocadamente. No total, os projetos do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) em Santa Catarina perderam R$ 43,2 milhões em 2022.

Mais cedo, a deputada federal Ângela Amin (PP), presidente do Fórum Parlamentar Catarinense, informou a antecipação da audiência com o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, para tratar dos cortes orçamentários que atingiram as rodovias do Estado. Primeiro, a conversa estava marcada para 8 de março. A nova data prevista é 3 de fevereiro, já na próxima semana.

Os vetos do presidente tiraram R$ 18 milhões da duoplicação da BR-470, R$ 20 milhões da BR-101 em Araranguá, R$ 4 milhões da BR-280 e R$ 859 mil da BR-163. Este foi o segundo corte orçamentário nas rodovias federais catarinenses em menos de dois meses. No fim de novembro de 2021, foram retirados R$ 25 milhões da BR-470 e BR 14,6 milhões da BR-163.

Reações

Depois do novo corte, entidades empresariais, prefeitos e parlamentares catarinenses manifestaram descontentamento com a decisão. A Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc) pediu uma "reação mais contundente" da bancada federal. A Associação Empresarial de Blumenau (Acib) classificou a redução de verbas como uma "falta de interesse" do governo Bolsonaro com SC. A Associação Empresarial de Joinville (Acij) enviou ofício diretamente ao gabinete de Bolsonaro.

Receba textos e vídeos do colunista Evandro de Assis direto no WhatsApp. Basta clicar aqui.

Leia também

Empresários de SC pedem "reação mais contundente" sobre verba das rodovias

Orçamento da BR-470 em 2022 não paga nem as desapropriações pendentes

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Mais colunistas

    Mais colunistas