nsc
nsc

Turismo

Escadaria do Frohsinn, em Blumenau, vai virar uma "cachoeira de concreto"

Compartilhe

Evandro
Por Evandro de Assis
16/11/2021 - 15h38 - Atualizada em: 16/11/2021 - 15h48
Simulação mostra como a atual escadaria (E) ficará após a intervenção artística
Simulação mostra como a atual escadaria (E) ficará após a intervenção artística (Foto: Divulgação)

A antiga escadaria que liga a Rua Itajaí ao restaurante Frohsinn, no alto do Morro do Aipim, em Blumenau, vai virar uma "cachoeira de concreto". Os 121 degraus serão transformados pela artista blumenauense Elisa Joana da Silva a convite da Secretaria de Turismo e Lazer (Sectur), que pretende fazer do local um ponto turístico. A ideia é valorizar a natureza e tornar o lugar mais convidativo para um passeio.

> Receba notícias de Blumenau e região direto no Whatsapp.

A escadaria tem cerca de 50 metros. Quem dispõe-se a subi-la tem a recompensa da vista para o Rio Itajaí-Açu e o Centro de Blumenau. O trabalho de revitalização deve durar cerca de uma semana. Antes, já na semana que vem, o concreto passará por uma limpeza geral.

Serão usadas tintas específicas para áreas externas, numa parceria com a Tintas Coral. A marca tem feito ações do tipo em outros municípios brasileiros. No Rio de Janeiro, por exemplo, as paredes das estações do Bondinho do Pão de Açúcar ficaram mais coloridas.

Segundo o secretário Marcelo Greuel, a Cachoeira de Concreto — é assim que o município passará a chamar o local — insere-se num projeto de valorização do Vorstadt, uma das principais entradas da cidade. Está em desenvolvimento uma reforma da Ponte dos Arcos, incluindo uma obra de arte em tamanho gigante, e a reativação da Central de Atendimento ao Turista no trevo do Sesi, com novidades.

Frohsinn

O Restaurante Indaiá, que venceu a concessão para explorar o espaço do Restaurante Frohsinn, trabalha na aprovação dos projetos junto ao município, que é proprietário do imóvel. Segundo Greuel, o trabalho está na fase final. Recentemente foi concluído um mapeamento geológico da área, que servirá também para a proposta de implantar no morro um teleférico até a Prainha.

São todas perspectivas muito interessantes para uma região turística semiabandonada. Se tudo correr bem, em pouco tempo Blumenau terá um novo núcleo de visitação consolidado.

Receba textos e vídeos do colunista Evandro de Assis direto no WhatsApp. Basta clicar aqui.

Leia também

Frota de motorhomes dispara nas maiores cidades de Santa Catarina

Contrato da Via Expressa de Blumenau não inclui 15 viadutos até a Vila Itoupava

Sensor conta quantas bicicletas passam por rua de Blumenau e resultado surpreende

Máquinas retornam à principal rua da Itoupavazinha, em Blumenau​​

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Mais colunistas

    Mais colunistas