Produzir uma marca de cervejas dos Estados Unidos é hoje a prioridade da fábrica da Eisenbahn na Rua Bahia, em Blumenau. Dali sai a produção nacional de Lagunitas, rótulo da Califórnia (EUA) adquirido em 2017 pela Heineken, também dona da Eisenbahn. Há dois anos as garrafas de Lagunitas IPA no Brasil levam o nome Cervejaria Sudbrack, nome da empresa blumenauense desde a fundação.

Continua depois da publicidade

> Receba notícias de Blumenau e região direto no Whatsapp.

Ambas as marcas nasceram como artesanais em seus mercados, depois conquistaram milhões de consumidores e atraíram a atenção de gigantes do setor de bebidas. No caso da Eisenbahn, a empresa primeiro foi adquirida pela Schincariol, que depois passaria inteira à Brasil Kirin e, finalmente, à Heineken.

A coluna apurou que os quatro rótulos da Eisenbahn disponíveis nos pontos de venda país afora já não são mais produzidos regularmente na cidade onde a empresa nasceu, em 2002, mas em outras unidades produtivas mantidas no país. Procurada, a Heineken informou que não comentaria o assunto.

Fábrica em Blumenau emprega cerca de 100 pessoas
Fábrica em Blumenau emprega cerca de 100 pessoas (Foto: Patrick Rodrigues)

A fábrica blumenauense emprega cerca de 100 trabalhadores. Como noticiou o colega Pedro Machado, o bar da Eisenbahn permanece fechado, mas com planos de reabertura após a pandemia, segundo a empresa.

Continua depois da publicidade

Livro

A Eisenbahn lançou um livro de edição caprichada, intitulado Além da Mesa, com entrevistas de personalidades brasileiras abordando relações entre gastronomia e estilo de vida, incluindo receitas. O mote são os hábitos “artesanais” do cotidiano.

Entre os participantes estão o ator e apresentador Rodrigo Hilbert, a chef Paola Carosella e os músicos Hermeto Pascoal e Zeca Baleiro.

Receba textos e vídeos do colunista Evandro de Assis direto no WhatsApp. Basta clicar aqui.

Leia também

Obra parada há 15 meses em Blumenau vira “parque radical”

Concurso da prefeitura de Blumenau abre inscrições e salários vão até R$ 18 mil

Blumenau planeja liberar corredores de ônibus para carros usando sinaleiras

Empréstimo para duas obras milionárias em Blumenau recebe sinal verde de Brasília

Destaques do NSC Total