nsc
    nsc

    Reunião na Capital

    Governadora Daniela Reinehr visitará Blumenau para liberar as obras da SC-108

    Compartilhe

    Evandro
    Por Evandro de Assis
    23/04/2021 - 05h05 - Atualizada em: 23/04/2021 - 06h31
    Mário Hildebrandt teve audiência com a governadora nesta quinta
    Mário Hildebrandt teve audiência com a governadora nesta quinta (Foto: Karolina Bonin, Divulgação)

    A governadora Daniel Reinehr (sem partido) visitará Blumenau entre o fim de abril e o início de maio para assinar a ordem de retomada dos serviços na construção da SC-108, o prolongamento da Via Expressa. Daniela recebeu o prefeito Mário Hildebrandt (Podemos) na tarde desta quinta-feira (22), de quem ouviu uma lista de demandas. Soluções para alguns dos itens relacionados durante a conversa devem ser anunciadas na visita à cidade, ainda sem data confirmada.

    > Receba notícias de Blumenau e região direto no Whatsapp.

    Abandonada desde 2017 devido a uma prestação de contas confusa, a nova SC-108 é a maior obra do Estado na região. Como a coluna informou terça-feira (20), o retorno das máquinas só depende do governo. O Ministério Público apresentou um Termo de Ajustamento de Conduta ao governo e à empresa Cetenco, responsável pelos trabalhos. Daniela recebeu sinal verde da Procuradoria Geral do Estado e terá condições de anunciar a boa notícia já na próxima semana.

    O prefeito saiu confiante sobre o Centro de Convenções de Blumenau, a ser construído no terreno ao lado do Galegão. É possível que a governadora assine o convênio para investir os quase R$ 30 milhões necessários. Com isso, o município teria condições de lançar a licitação. Outro item da lista que tende a estar na bagagem de Daniela é o dinheiro (R$ 4 milhões) para fazer o balizamento noturno e o muro do Aeroporto Quero-Quero — Hildebrandt pediu um aditivo de mais R$ 5 milhões para recapear a pista.

    O prefeito ainda solicitou a reposição de 60 policiais militares, melhorias na estrutura da Polícia Civil e manifestou apoio ao investimento de R$ 200 milhões do Estado na duplicação da BR-470.

    Aproximação

    A reunião desta quinta é mais um indício de aproximação política entre Daniela e Hildebrandt. No início do mês, André Espezim, homem de confiança do prefeito, havia sido nomeado secretário-adjunto de Infraestrutura e Mobilidade, numa costura que envolveu o deputado Laércio Schuster. Espezim foi o primeiro a receber Hildebrandt em Florianópolis nesta quinta. Os dois tiveram, pela manhã, uma espécie de reunião preparatória para o encontro com a governadora. 

    Na audiência, o prefeito convidou Daniela a conhecer o modelo blumenauense de combate à pandemia de Covid-19. Ela aceitou de pronto. O contexto político favorável eleva as chances de que parte das reivindicações venha a ser atendida. Assim como a confirmação para 7 de maio do julgamento do impeachment do governador afastado Carlos Moisés apressa a governadora a construir uma agenda positiva.

    Fiesc e o Sesi

    Mário Hildebrandt também conversou nesta quinta-feira com o presidente Mario Cezar de Aguiar sobre a municipalização do Complexo Esportivo do Sesi. Um grupo de trabalho, com três representantes da prefeitura de Blumenau e três da federação, vai se debruçar sobre o projeto e apresentar uma solução até o fim de agosto. Aguiar confirmou à coluna a intenção de repassar o patrimônio à prefeitura.

    — O comportamento dos trabalhadores da indústria mudou muito. Hoje as pessoas querem ter diferentes opções de lazer, e não ir sempre a um mesmo lugar. Não temos mais demanda para um complexo desse tamanho — avaliou.

    A Fiesc vai focar investimentos em educação e treinamento profissional. Cerca de R$ 90 milhões serão aplicados em estruturas físicas e mobiliário no terreno onde fica o Senai, no bairro Victor Konder. Salas de aula, laboratórios e instalações esportivas serão construídos na parte do terreno cujos fundos dão para a Rua Max Hering.

    Blumenau também será sede da reitoria do Centro Universitário Senai, status recém-conquistado pelo braço de ensino superior da instituição.

    Receba textos e vídeos do colunista Evandro de Assis direto no WhatsApp.

    Mais colunistas

      Mais colunistas