nsc
nsc

Independência

Mulheres de Blumenau com histórico de violência doméstica recebem aulas de gastronomia

Compartilhe

Evandro
Por Evandro de Assis
29/07/2021 - 14h36 - Atualizada em: 29/07/2021 - 14h48
Lidiane Barbosa coordena o projeto, que começa com nove donas de casa
Lidiane Barbosa coordena o projeto, que começa com nove donas de casa (Foto: Divulgação)

Um grupo de mulheres de Blumenau com histórico de violência doméstica receberá treinamento para desenvolver negócios em gastronomia. O projeto Crescer e Acolher ensinará cozinha, mas também gestão a potenciais empreendedoras. O objetivo é proporcionar autonomia financeira a mulheres de baixa renda que vivem na periferia da cidade e já sofreram agressões físicas ou verbais de companheiros.

> Receba notícias de Blumenau e região direto no Whatsapp.

Estão envolvidos no projeto os institutos Crescer, que trabalha com alimentação saudável, e Bia Wachholz, envolvido no combate à violência contra a mulher. Nesta primeira turma da iniciativa, nove donas de casa entre 30 e 60 anos acompanharão o curso por cerca de um ano e meio. As aulas começam online, mas passarão a ser presenciais se a pandemia de Covid-19 permitir.

Lidiane Barbosa, do Crescer e Semear, conta que o novo projeto nasceu durante a entrega de cestas básicas a famílias vulneráveis durante a pandemia:

— Encontrando essas mulheres, entendendo as necessidades delas, a gente modelou o projeto.

Empresas como AMCom, Rede Top e Viacredi contribuem com professores e insumos. Cada participante receberá utensílios básicos e ingredientes em casa. Elas aprenderão, além de receitas que não exigem equipamentos caros, sobre ficha técnica, tabela nutricional, empreendedorismo e boas práticas sanitárias. A primeira aula ocorre nesta quinta-feira (29) à noite.

Se alguém quiser contribuir com a iniciativa deve entrar em contato pelo e-mail marcos@instcrescer.org.

Receba textos e vídeos do colunista Evandro de Assis direto no WhatsApp.

Leia também

Nem Blumenau e nem a Havan têm a ganhar com a intervenção no Centro Histórico

Loja da Havan no Centro Histórico de Blumenau é aprovada por conselho sob protestos

TV Legislativa de Blumenau transmitirá sessões da Câmara de Vereadores em canal aberto

Rayssa Leal em Blumenau teve cama improvisada, miojo e vaquinha para bancar viagem

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Mais colunistas

    Mais colunistas