nsc
nsc

Concessão

Novo restaurante Frohsinn, de Blumenau, terá mirante, terraço e até lago

Compartilhe

Evandro
Por Evandro de Assis
06/05/2021 - 08h31
Área construída passará dos atuais 848 metros quadrados para cerca de 2 mil
Área construída passará dos atuais 848 metros quadrados para cerca de 2 mil (Foto: Divulgação)

Um espaço com 2 mil metros quadrados, capacidade para receber entre 200 e 300 pessoas sentadas, mirante aberto ao público, terraço e até lago ornamental. O projeto do novo restaurante Frohsinn, apresentado ao município pelos vencedores da licitação e obtido pela coluna em primeira mão, prevê a transformação do imóvel público no alto do Morro do Aipim num complexo de eventos e turismo. O prazo para as obras ficarem prontas é setembro de 2022.

> Receba notícias de Blumenau e região por WhatsApp

Os concessionários são donos do Indaiá, restaurante e casa de eventos em Itapema que também tem unidades em Joinville e Florianópolis. A empresa já lançou site, vídeo promocional e abriu canais de contato para reservas no novo Frohsinn. Segundo Gabriel Piffer, sócio do empreendimento, o uso do espaço terá características semelhantes às de Itapema:

— Blumenau é uma cidade com potencial turístico e consumo casual elevado na área de gastronomia. Enxergamos no Frohsinn uma compatibilidade muito grande com a proposta do Indaiá em Itapema.

Mas haverá diferenças. O mirante para o Rio Itajaí-Açu e o Centro de Blumenau poderá ser visitado por qualquer pessoa, mesmo que não seja cliente. Haverá um terraço aberto, onde será possível servir-se diante da vista. E um lago ornamental. O cardápio ainda não foi definido.

No site que preparou para divulgar o futuro empreendimento, o Indaiá dá grande destaque aos eventos sociais, como casamentos. Segundo a empresa, será possível receber mais de 500 convidados no local.

Ampliação

O atual espaço do Frohsinn (848 metros quadrados) será mais do que dobrado após a reforma prevista, misturando o enxaimel atual com estruturas metálicas. Essa ampliação, inclusive, foi o que atrasou a reabertura do restaurante. O mesmo Indaiá havia vencido uma licitação anterior, em 2018, mas aquele edital não previa a possibilidade de aumentar a área construída na proporção desejada pela empresa. Após a nova concorrência, no ano passado, em que o Indaiá foi novamente o único a apresentar proposta, o projeto pôde finalmente seguir em frente.

O Indaiá pagará à prefeitura um aluguel de R$ 10,2 mil. O plano é investir cerca de R$ 4 milhões no espaço. Porém, o projeto arquitetônico ainda precisa ser aprovado pelas áreas técnicas da prefeitura. O início das obras está previsto para o fim deste ano. O prazo de concessão é de 25 anos.

O Frohsinn

Inaugurado no fim da década de 1960, o Frohsinn tornou-se rapidamente um dos principais pontos de visitação em Blumenau. O restaurante instalado na área pública (que pertenceu a Hermann Blumenau) virou referência em gastronomia típica alemã. No início dos anos 2000, a empresa que detinha a concessão passou a descumprir itens do contrato — caso que até hoje tramita na Justiça. O restaurante fechou e permaneceu abandonado por uma década.

No dia 20 de agosto de 2014, o Frohsinn pegou fogo. As causas do incêndio nunca foram esclarecidas. No ano seguinte, a prefeitura investiu R$ 380 mil para reconstruir o imóvel típico tal como era. 

A primeira licitação para reabrir o restaurante com novo concessionário foi lançada em 2017 e foi vencida pelo Indaiá. Como a empresa pretendia ampliar a área construída numa proporção não prevista no edital, o contrato foi rescindido e uma nova concorrência precisou ser lançada. Em outubro de 2020, o Indaiá foi novamente o único a apresentar proposta.

Veja abaixo imagens do projeto divulgadas pelos empreendedores.

Receba textos e vídeos do colunista Evandro de Assis direto no WhatsApp.

Área externa
Área externa
(Foto: )
Área interna terá capacidade para receber de 200 a 300 pessoas sentadas
Área interna terá capacidade para receber de 200 a 300 pessoas sentadas
(Foto: )
Área lateral aos fundos do atual prédio
Área lateral aos fundos do atual prédio
(Foto: )
Haverá mesas de frente para o mirante e um terraço
Haverá mesas de frente para o mirante e um terraço
(Foto: )
Área externa
Área externa
(Foto: )
Área do mirante terá lago e será aberta ao público
Área do mirante terá lago e será aberta ao público
(Foto: )
Construção vai misturar o enxaimel atual com estrutura metálica
Construção vai misturar o enxaimel atual com estrutura metálica
(Foto: )

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Mais colunistas

    Mais colunistas