nsc
    nsc

    SEM ATRAÇÕES

    Programação de Natal em Blumenau perde a magia no ano da Covid-19

    Compartilhe

    Evandro
    Por Evandro de Assis
    21/11/2020 - 09h11 - Atualizada em: 21/11/2020 - 13h44
    Tradicional sede do Natal em Blumenau, Vila Germânica está dividida entre Papai Noel e a Covid-19
    Tradicional sede do Natal em Blumenau, Vila Germânica está dividida entre Papai Noel e a Covid-19 (Foto: Patrick Rodrigues)

    Em novembro de 2019, a Magia de Natal coloria e fascinava Blumenau. O evento chegava ao ápice, com crescimento de 20% em relação ao ano anterior e mais de 340 mil visitantes — quase o tamanho da população do município.

    > Quer receber notícias de Blumenau e do Vale por WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo do Santa

    Um ano, uma investigação do Ministério Público e uma pandemia de coronavírus depois, tudo mudou. Desfiles ou atrações presenciais estão fora de cogitação. A ocupação da Vila Germânica, neste momento, é com o ambulatório de Covid-19, que foi reaberto. Do lado de fora, comerciantes instalam a decoração natalina. É um esforço do Empório Vila Germânica para estimular algum clima natalino no ponto turístico.

    > Cenário do coronavírus em Blumenau alerta para segunda onda pior do que a primeira.

    A prefeitura pretende fazer algo para não deixar passar o Natal em branco, mas ainda não informou o quê. A Ablutec, entidade que organizava a Magia de Natal e que está em débito com fornecedores, não fala sobre o assunto. No fundo, mesmo que não houvesse pandemia, a realização do evento nos moldes que o blumenauense acostumou-se a aplaudir parece distante.

    No Natal de Blumenau, há mais de uma crise a ser superada.

    Receba textos e vídeos do colunista Evandro de Assis direto no WhatsApp. Basta clicar aqui.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas