O aplicativo de celular criado pela prefeitura de Blumenau para receber dos moradores pedidos de manutenção morreu discretamente. O Cidade Jardim havia sido desativado há dois anos sob a promessa de que voltaria melhor em três meses. Sem alarde, o município decidiu não relançá-lo. Por enquanto, a alternativa é usar a Ouvidoria.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Blumenau e região direto no Whatsapp

O app era parte de um programa do governo municipal, ainda na gestão de Napoleão Bernardes (hoje no PSD), para melhorar a conservação de ruas, praças e parques. Por ele chegavam demandas como roçadas, conserto da iluminação pública, melhorias na pavimentação de ruas e recolhimento de animais mortos. A grande facilidade era fotografar o problema e já encaminhar pelo aplicativo. Porém, o sistema com frequência apresentava instabilidade.

Foi sob a justificativa de solucionar os problemas tecnológicos que o Cidade Jardim saiu do ar, em março de 2021, com a prefeitura já sob a gestão de Mário Hildebrandt (Podemos). O tempo passou e ninguém mais falou no programa.

Segundo a prefeitura de Blumenau, o sistema da Ouvidoria do município também permite o envio de imagens e a abertura de chamado online. Há uma triagem automática das demandas, que agiliza o encaminhamento às secretarias.

Continua depois da publicidade

Para um futuro breve, o município trabalha num sistema que centralize todos os serviços digitais.

Receba textos e vídeos do colunista Evandro de Assis direto do Whatsapp

Leia também

Fechado há seis anos, antigo prédio do Besc em Blumenau preocupa vizinhos

O que o governo Lula cumpriu nas rodovias de SC e o que deixou de entregar

Stammtisch de Blumenau é adiado

Tráfego da BR-470 é desviado em Blumenau para construção de novo viaduto

Destaques do NSC Total