nsc
nsc

Covid-19

Blumenau testa mais do que a média brasileira, mas ainda é pouco para combater o coronavírus

Compartilhe

Evandro
Por Evandro de Assis
19/07/2020 - 15h33
Blumenau faz uma triagem dos pacientes que serão testados
Blumenau faz uma triagem dos pacientes que serão testados (Foto: Patrick Rodrigues)

Blumenau testa sua população para Covid-19 mais que o dobro da média brasileira. A cidade superou nesta semana a marca de 20 mil exames para uma população de 357 mil pessoas. São 5,6 mil testes para cada grupo de 100 mil habitantes. No Brasil, a média é de 2,1 mil testes, de acordo com o site Worldometers.

Os dados de comparação entre municípios, fornecidos pelo governo de Santa Catarina, estão defasados, mas pelo que as prefeituras catarinenses vêm divulgando, Blumenau tem a melhor cobertura de testes em proporção à população dentre as maiores cidades.

Apesar disso, o volume de exames em Blumenau ainda está longe da testagem em massa recomendada pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Países como Reino Unido (18,3 mil testes para cada 100 mil habitantes), Singapura (17,2, mil), Portugal (13,4 mil) e Estados Unidos (13,3 mil) estão bem à frente.

Os números de Blumenau estão no patamar de Peru (5,9 mil), Finlândia (5,2 mil) e Venezuela (4,9 mil).

Taxa de positivos alta

Segundo a OMS, países com alta testagem costumam encontrar resultados positivos em 5% dos testes. No caso de Blumenau, 26% dos exames confirmam o diagnóstico de Covid-19, o que sugere alta subnotificação. Ou seja, se houvesse mais testes, é provável que mais doentes poderiam ser identificados e isolados antes de transmitir o vírus adiante.

A questão é que o município só testa quem tem sintomas ou integra grupos de profissionais mais expostos à contaminação. Assim, a probabilidade de positivos é maior. Ainda assim, para obter resultados melhores no combate à Covid-19, testar mais é imperativo.

Testes nos bairros

Passo interessante neste sentido é a descentralização dos testes RT-PCR, antes só oferecidos no ambulatório da Vila Germânica. Depois da Itoupava Central, Fortaleza e Garcia também já iniciaram as coletas. A partir desta segunda-feira (20), Velha, Badenfurt, Centro e Escola Agrícola também contarão com a testagem.

Os testes serão feitos das 7h às 18h, de segunda a quinta-feira, e das 7h às 16h30 nas sextas-feiras. Além de ampliar o número potencial de testes, a operação pretende reduzir o tempo de espera no ambulatório da Vila Germânica.

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Evandro de Assis

Colunista

Evandro de Assis

Notícias e comentários exclusivos sobre o cotidiano de Blumenau e do Vale do Itajaí.

siga Evandro de Assis

Mais colunistas

    Mais colunistas