nsc
nsc

Contrastes

Avaí soube decidir; Figueirense praticamente fora

Compartilhe

Faraco
Por Faraco
06/09/2021 - 21h49 - Atualizada em: 06/09/2021 - 21h53
Getúlio abriu o placar para o Avaí diante do Vasco
Getúlio abriu o placar para o Avaí diante do Vasco (Foto: André Palma Ribeiro/ Avaí FC)

Vencer o Vasco já virou rotina para o Avaí. A primeira vitória do returno foi a mesma primeira vitória do turno. O Leão não poderia deixar passar. Precisava do resultado e fez. Foi um time muito organizado e preciso em campo. Deu pouco ao Vasco e construiu uma vitória sólida sobre um adversário direto de tabela.

O destaque da vitória foi a organização da equipe em campo e a forma como soube explorar os espaços deixados pelo Vasco – como ocorreu no primeiro e no terceiro gol da equipe.

O primeiro tempo foi um pouco mais aberto, com momentos para as duas equipes. O Avaí deixou mais a bola com o Vasco, mas foi perigoso também. Fez o primeiro e teve duas chegadas depois para ampliar. O Vasco pressionou e chegou ao empate.

Mas o segundo tempo do Avaí foi muito bom. Sob o comando de Bruno Silva, que foi o dono do meio de campo, e com o decisivo Copete na frente, o Leão decidiu a partida.

Uma vitória grande e incontestável. O Avaí deu nesta segunda-feira a sua largada no returno da Série B.

No Scarpelli o Ituano foi bem melhor e o Figueirense praticamente se despediu

Derrota para o Ituano praticamente elimina o Figueirense da Série C
Derrota para o Ituano praticamente elimina o Figueirense da Série C
(Foto: )

O Ituano não veio jogar fechado, como cheguei a imaginar e comentar. Muito pelo contrário. O Figueirense também esperava assim e foi surpreendido. Na realidade o time adversário foi melhor e venceu. Mais consciente em campo, com uma estratégia muito definida e um padrão de jogo.

O Figueirense tentou. Como sempre. Mas de qualquer jeito. O lado forte foi o direito, com Diego Tavares. Curiosamente, logo após a saída dele, substituído por Jorginho, o Ituano se sentiu à vontade para decidir a partida no ataque.

> Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

O primeiro gol – falha imperdoável de Rodolfo Castro, que engoliu a bola dentro do gol – o time sucumbiu. O Figueirense teve apenas um momento melhor, que foi o início do segundo tempo. Muito pouco.

A matemática é o único aspecto que mantém o Figueirense vivo. A realidade é que já está praticamente fora. Era o jogo pra ganhar. O Figueirense perdeu.

Leia mais

Site diz que Bolsonaro tentou reiniciar jogo entre Brasil e Argentina

Jogo suspenso entre Brasil e Argentina vira piada na internet e gera memes

Pelé está internado em São Paulo há seis dias

Rodrigo Faraco

Colunista

Faraco

Jornalista e comentarista esportivo, sempre atento ao que acontece especialmente no futebol catarinense, faz análises e bastidores dos times do Estado.

siga Faraco

Rodrigo Faraco

Colunista

Faraco

Jornalista e comentarista esportivo, sempre atento ao que acontece especialmente no futebol catarinense, faz análises e bastidores dos times do Estado.

siga Faraco

Mais colunistas

    Mais colunistas