nsc
nsc

Linha dura

Cobrança e repetição! O estilo Júnior Rocha em prática no Figueirense

Compartilhe

Faraco
Por Faraco
05/01/2022 - 14h41
Júnior Rocha em atividade nos treinamentos de início de temporada
Júnior Rocha em atividade nos treinamentos de início de temporada (Foto: Patrick Floriani/ FFC)

O estilo Júnior Rocha começa a aparecer nos treinamentos do Figueirense. Os colegas que têm acompanhado os trabalhos relatam que há muita cobrança, muitas correções, e repetições para organizar a equipe.

Internamente a impressão também é positiva. É de um treinador muito exigente e obcecado pelo estudo e pelo trabalho. Perfeccionista é a palavra.

Foi o que observou e reportou o colega Carlos Rauen, da NSC TV, quando esteve no CT, nesta segunda-feira.

Vai ser fundamental para o Figueirense que o trabalho do treinador apareça. Muito mais do que destaques individuais, que geralmente mexem com o imaginário do torcedor, o time de 2022 precisa ser coletivo.

> Receba notícias de Florianópolis e região no seu WhatsApp

Júnior Rocha já demonstrou esta característica – de ser um organizador – nas equipes que dirigiu, como o Luverdense e o Ypiranga.

Conceitos como o jogo apoiado – que se refere a aproximação e constantes opções de passe – e jogo de posição – que é a ocupação dos espaços de forma bem distribuída e organizada em campo – vão ser base para o time deste ano.

A temporada do Figueirense depende muito que essa linha de trabalho dê certo.

Leia mais:

> Quanto vale a SAF do Figueirense? O que dizem os especialistas

> ​Figueirense cria Comissão de Análise da SAF para estudar propostas de venda do clube​

> Veja quem são os seis reforços do Figueirense para 2022

Rodrigo Faraco

Colunista

Faraco

Jornalista e comentarista esportivo, sempre atento ao que acontece especialmente no futebol catarinense, faz análises e bastidores dos times do Estado.

siga Faraco

Rodrigo Faraco

Colunista

Faraco

Jornalista e comentarista esportivo, sempre atento ao que acontece especialmente no futebol catarinense, faz análises e bastidores dos times do Estado.

siga Faraco

Mais colunistas

    Mais colunistas