Ne mesmo na Copa Santa Catarina o torcedor do Figueirense consegue ficar em paz com sua equipe. A derrota de virada para o Inter de Lages na noite desta terça-feira foi mais uma decepção do pacote da temporada 2023. 

Continua depois da publicidade

Figueirense é derrotado e perde a liderança da Copa Santa Catarina

Quais são os homens de confiança de Barroca no Avaí

E não há justificativa para a fraca atuação da equipe. O Figueirense tinha sua força máxima à disposição, teve mais de uma semana de treinamentos e jogava contra uma das equipes de pior rendimento das cinco primeiras rodadas da Copinha. 

Leia mais notícias do Esporte no NSC Total

Continua depois da publicidade

O que se viu foi um time intenso no começo da disputa e só. Paulo Baier esvaziou o meio de campo da equipe, jogando com Cesinha aberto e com Nicolas e Pato como dupla de ataque, mexendo no que estava dando certo nas partidas anteriores.

Nova reviravolta! Figueirense tem importante vitória na luta para reativar Recuperação Extrajudicial

Isso durou apenas 25 minutos. Rapidamente Pato trocou com Cesinha, voltando para o lado esquerdo, onde joga melhor e vinha bem, como destaque da competição. Fez o gol do Figueira por ali, já no final da primeira etapa.

Tite e as “flamengabilidades” do novo desafio do ex-técnico da Seleção Brasileira

Mas o que chamou atenção foi o time espaçado, que foi se desmanchando durante a partida, sem conseguir dominar as ações. O Figueirense não consegui ter o controle da bola, não conseguia se impor. Tomou a virada no segundo tempo, num jogo em que qualquer um dos dois poderia chegar. Mas o ímpeto do Inter fez a diferença.

O Figueirense perdeu o jogo, a invencibilidade, a liderança e o técnico Paulo Baier perdeu alguns pontos na possibilidade de permanência em 2024. A paciência com o time, o torcedor já perdeu faz tempo. 

Continua depois da publicidade

Destaques do NSC Total