nsc
nsc

nova decepção

Figueirense transforma Copa SC de "tábua de salvação" em nova crise

Compartilhe

Faraco
Por Faraco
14/10/2021 - 15h26 - Atualizada em: 14/10/2021 - 18h11
Figueirense perdeu para o Criciúma reserva em pleno Orlando Scarpelli
Figueirense perdeu para o Criciúma reserva em pleno Orlando Scarpelli (Foto: Patrick Floriani/ FFC)

Quando o Figueirense foi eliminado na Série C, escrevi aqui que o ano alvinegro havia terminado e que nem a conquista da Copa Santa Catarina poderia salvar o 2021 do Furacão. Estava enganado na parte do “ano terminado”.

Sim, porque o Figueirense conseguiu transformar a Copa Santa Catarina em crise. Na verdade, em mais uma crise. Uma competição que ficava em segundo plano no Scarpelli nos últimos anos, virou tábua de salvação interna para uma temporada muito ruim. E os dois últimos resultados – derrotas para o Hercílio Luz e para o Criciúma – reverteram a expectativa e colocam em dúvida até mesmo a classificação para as semifinais.

> Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo Whatsapp

Era tudo que o torcedor não precisava depois da dolorosa eliminação na Série C. Ainda há tempo para reverter. O que não existe mais é confiança neste time atual. E a cada fracasso em campo, a diretoria, que foi totalmente apoiada quando retomou as rédeas do clube, no início do ano passado, vai perdendo força também.

Rodrigo Faraco

Colunista

Faraco

Jornalista e comentarista esportivo, sempre atento ao que acontece especialmente no futebol catarinense, faz análises e bastidores dos times do Estado.

siga Faraco

Rodrigo Faraco

Colunista

Faraco

Jornalista e comentarista esportivo, sempre atento ao que acontece especialmente no futebol catarinense, faz análises e bastidores dos times do Estado.

siga Faraco

Mais colunistas

    Mais colunistas