Para os cristãos, Natal é tempo de preparação e alegria, de celebrar a paz, de renovar as esperanças no Deus que se faz menino e renasce, fazendo aflorar em nós os melhores sentimentos. No calendário cristão configura-se na data mais importante, vez que celebra o nascimento de Jesus, aquele que dividiu o calendário entre antes e depois da vinda d’Ele.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

Natal é Deus que assume a condição humana para sentir as mesmas angústias, alegrias, sofrimentos e esperanças que todos nós sentimos. Como é bom relembrar a magia que o Natal despertava em nós e cuja tradição se mantém viva nos pequenos. O período que antecede o Natal, que chamamos de advento, do latim “adventus” que quer dizer “vinda, chegada”, é o tempo de prepararmos nossos corações para celebrar o Natal, e compreende quatro domingos antes da festa, via de regra, celebrada em família ou com os amigos.

PIB cresce e SC passa a ter 5 cidades entre as mais ricas do país; veja lista

Em cada domingo, nas celebrações da Igreja Católica, acendem-se as velas do advento, cada uma com um significado específico: a 1ª representa o perdão, a 2ª o amor divino, a 3ª representa a alegria pela chegada do salvador e a última que anuncia a chegada de Jesus.

Continua depois da publicidade

Ao acender-se a vela correspondente a cada domingo invocamos o cântico que diz: “Vem, vem Jesus, que nos ilumine a sua luz”, fazendo-nos lembrar que o menino Deus deve ser a figura central da festa e que tenhamos nossos pensamentos, palavras e ações sempre iluminados, guiados e inspirados por Ele.

Natalino Uggioni: “Enquanto a bola rolou”

A velas são posicionadas em uma guirlanda redonda, portanto, sem início nem fim, sem lados, lembrando-nos que o amor de Deus não tem fim, independente da forma como O concebemos. Esse é o tempo em que espalhamos a boa nova, renovamos os votos de fraternidade e de paz, compartilhamos alegrias, tempo em que se aflora em nós toda a magia da criança de Belém, que humildemente escolheu uma manjedoura para vir ao mundo.

Chuva em SC deixa mortos, desabrigados e rodovias bloqueadas

Uma canção natalina nos recorda: “Hoje é Natal no mundo, Deus ouviu nossa voz, hoje é Natal no mundo, é Natal em nós” e em sendo-o nossos corações tornam-se mais sensíveis a nós mesmos e ao nosso próximo. Ainda que nossa fé ateste a onipresença do ser supremo, em nossas orações invocamos para que nunca sejamos abandonados por Ele. Se os sentimentos e a generosidade desses dias fossem permanentes em nós, certamente, o mundo seria um lugar melhor para todos, uma vez que o mundo é feito de pessoas. Pessoas de bom coração tornam o mundo mais humano e justo. Sejamos o presépio onde o Deus menino possa nascer e fazer morada, mantendo cada vez mais vivos em nós, os melhores sentimentos para nossa vida.

Leia outras colunas de Natalino Uggioni

O mundo muda a partir das nossas mudanças e os melhores sentimentos e condutas vão passando para todos com quem nos relacionamos. Façamos nós a mudança que queremos e esperamos para o mundo. Desejo a todos um Feliz Natal, com as bênçãos do menino Deus.

Continua depois da publicidade

Leia também:

SC passa a ter cinco cidades entre as mais ricas do país

Quem é a catarinense que “comandava” Galvão Bueno nas transmissões da Globo

O que SC tem a ver com o luxo milionário de Neymar, Thiago Silva e CR7

Os números “gigantes” por trás do maior prédio do Brasil entregue em Balneário Camboriú

Destaques do NSC Total