nsc
nsc

Patrimônio

Casarão histórico na Alameda em Blumenau vai abrigar escritório e bistrô

Compartilhe

Pedro
Por Pedro Machado
20/08/2021 - 14h17
Imóvel de quase 100 anos passa por restauração
Imóvel de quase 100 anos passa por restauração (Foto: Patrick Rodrigues)

Quem passa pela Alameda Rio Branco, quase na esquina com a Rua XV de Novembro, no Centro de Blumenau, já deve ter notado que a paisagem está um pouco diferente. Um casarão histórico, ao lado do prédio da Flamingo e em frente ao Grande Hotel, começa aos poucos a ser reformado para ganhar vida nova no futuro.

> Receba notícias de Blumenau e do Vale pelo WhatsApp

O imóvel de três pisos e 760 metros quadrados de área foi construído em 1927 para ser sede dos Correios na cidade. Depois de bastante tempo desocupado, acabou comprado em fevereiro de 2020 pela construtora e incorporadora Serpa, responsável pelo restauro.

— Nossa intenção é devolver a casa à convivência da cidade — diz Clarissa Alberton Haas Serpa, sócia-proprietária da empresa ao lado do marido, Gilbert Serpa.

Um dos andares da casa, explica ela, vai abrigar a sede e o escritório da construtora. No térreo, a ideia é colocar alguma loja, um café ou uma boutique. E no topo a expectativa é que funcione o bistrô O Estrangeiro, que atiçou clientes e curiosos ao postar uma foto do imóvel em obras nas redes sociais.

Telhado da casa foi retirado devido à risco de queda
Telhado da casa foi retirado devido à risco de queda
(Foto: )

Patrimônio histórico, a casa é tombada pelo governo do Estado e, por isso, a restauração precisa seguir as diretrizes da Fundação Catarinense de Cultura. O projeto ainda está em curso e vai manter as características originais do imóvel, incluindo o piso. Algumas intervenções emergenciais, no entanto, já foram feitas. O telhado, por exemplo, foi retirado porque havia infiltrações e risco de queda.

A empresa ainda não sabe dizer quanto será preciso investir para recuperar a casa e quando ela será devolvida à comunidade. O desejo é de que tudo já esteja pronto no primeiro semestre do ano que vem, mas os cronogramas dependem dos ritos que envolvem a restauração de imóveis históricos.

Além da reforma, a Serpa avalia mexer no mobiliário urbano do entorno. Fundada em 2013, a construtora já tem mais de 130 imóveis entregues, que somam mais de 9 mil metros quadrados construídos.

Casa foi construída em 1927 para ser sede dos Correios
Casa foi construída em 1927 para ser sede dos Correios
(Foto: )

Leia também:

Blumenau vai tornar vacinação contra a Covid-19 obrigatória para servidores

Blumenau avalia terceirizar operação da Área Azul

Futuro do cooperativismo de crédito será discutido em evento 100% on-line

Macuca de Blumenau será isolada do público; entenda

Obra da Margem Esquerda em Blumenau foi prometida e não cumprida pelo governo de SC​​

Altona prepara investimento milionário em novas máquinas e equipamentos​​​​

Blumenau vai dar descontos para quem atrasou pagamento de impostos na pandemia

“Shopping” para pets muda paisagem em rua de Blumenau e ganha data de inauguração​​​

​​​​​​Receba notícias e análises do colunista Pedro Machado sobre economia, negócios e o cotidiano de Blumenau e região pelo WhatsApp ou Telegram

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Mais colunistas

    Mais colunistas