A revitalização da Prainha em Blumenau deve ser retomada em breve. Após fazer os cálculos, a Construtora Stein topou assumir o restante da obra, parada desde outubro de 2022. Na época, a prefeitura havia notificado a Obramaster, até então responsável pela empreitada, sobre a rescisão do contrato após a empresa descumprir prazos.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Blumenau e região por WhatsApp

Segunda colocada na licitação após uma reviravolta judicial, a Stein será contratada pelo valor equivalente ao saldo restante do vínculo que a prefeitura mantinha com a Obramaster, diz o secretário de Obras, Michael Maiochi.

A prefeitura agora aguarda uma definição da Stein sobre o cronograma dos trabalhos e prepara alguns ajustes de documentos, para então firmar um novo contrato. Maiochi estima que tudo esteja pronto até fevereiro, liberando o retorno de máquinas e operários para a área de lazer na curva do Rio Itajaí-Açu.

O “sim” da Stein é mais um sopro de esperança para que a nova Prainha fique pronta ainda em 2023. Do contrário, a prefeitura teria de lançar uma nova licitação, o que possivelmente empurraria tudo para 2024. Maiochi acredita que, com a retomada em fevereiro, a revitalização seja enfim concluída entre seis e oito meses.

Continua depois da publicidade

Receba notícias e análises do colunista Pedro Machado pelo WhatsApp ou Telegram

Leia também

Concurso Brasileiro de Cervejas terá jurado surdo e caminha para recorde de inscrições

Empresa coloca SC no mapa internacional de produção de codornas

Oktoberfest Blumenau pode ter mais de uma cerveja oficial a partir de 2023

Librelato inaugura nova fábrica de R$ 24 milhões em SC

Destaques do NSC Total