nsc
    nsc

    Empresas

    Plano de investimentos da Pamplona prevê R$ 600 milhões em quatro anos e ampliação também em Rio do Sul

    Compartilhe

    Pedro
    Por Pedro Machado
    29/03/2021 - 10h11
    Pamplona Alimentos
    Unidade da empresa em Rio do Sul (Foto: Gilmar de Souza, BD)

    Os investimentos milionários programados pela Pamplona Alimentos para expansão da capacidade produtiva não vão se limitar à duplicação do frigorífico da empresa em Presidente Getúlio, no Alto Vale. O planejamento para os próximos quatros inclui um aporte total de R$ 600 milhões. As informações constam no balanço financeiro de 2020 da companhia, divulgado na semana passada.

    > Receba notícias de Blumenau e do Vale por WhatsApp. Clique aqui e entre no grupo do Santa

    Para a unidade de Rio do Sul, a companhia aprovou um investimento de cerca de R$ 155 milhões para ampliar a fabricação de alimentos processados nas linhas de temperados, linguiças frescais, linguiças cozidas, fatiados e defumados. 

    Isso vai possibilitar um incremento de 16,5 mil toneladas de produtos industrializados por ano, segundo a Pamplona. O restante dos recursos será destinado a ativos biológicos e para composição de capital de giro.

    Os anúncios ocorrem depois de um ano desafiador para a economia, mas que foi de resultados expressivos para a Pamplona. A receita operacional bruta somou R$ 1,88 bilhão, alta de cerca de 40% frente a 2019. O lucro líquido disparou incríveis 334%, de R$ 68,6 milhões para R$ 298 milhões. 

    Parte dos resultados foi influenciada pelo aumento de exportações para a China (34,4% em volume e 44,6% em faturamento) e outros países da Ásia afetados pelo surto da peste suína africana.

    Detergente

    A Flora, indústria nacional de cosméticos e produtos de limpeza e higiene pessoal, dona de marcas como Francis e Minuano, está investindo R$ 20 milhões na fábrica mantida em Itajaí. A primeira etapa, já em fase final, inclui a criação de duas novas linhas de produção de detergente em pó, dobrando a atual capacidade de envase da unidade. Outras três linhas devem ser implantadas até 2023.

    R$ 20 milhões

    É quanto a Armazém Data Center, de Brusque, está investindo na implantação de um datacenter de última geração no Ágora Tech Park, parque tecnológico privado em Joinville.

    Quartel

    Demanda antiga da comunidade local, a instalação de um quartel do Corpo de Bombeiros na região da Grande Velha, em Blumenau, depende de variáveis nada simples. Em resposta a ofício enviado pelo vereador Adriano Pereira (PT), o comandante da corporação em Santa Catarina, coronel Charles Alexandre Vieira, diz que seria preciso a doação de um terreno ou imóvel já pronto, levantar os recursos necessários para a construção ou adequação das instalações físicas, adquirir um caminhão de combate a incêndio e mais efetivo para viabilizar uma nova guarnição.

    Quer receber notícias e análises de economia, negócios e o cotidiano de Blumenau e região no seu celular? Acesse o canal do blog no Telegram pelo link https://t.me/BlogPedroMachado ou procure por "Pedro Machado | NSC" dentro do aplicativo.

    Mais colunistas

      Mais colunistas