Durou pouco a aventura da Proibida, loja de Blumenau que vendia waffles eróticos em forma de pênis e vaginas. Três meses depois de abrir as portas, o estabelecimento anunciou pelas redes sociais o encerramento das atividades. O motivo: a “má adesão do público”, segundo o comunicado.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Blumenau e região por WhatsApp

Em dezembro, a repórter Talita Catie contou a história do jovem Henrique Gabriel Espíndola, que havia largado o emprego de mecânico para se dedicar ao inusitado empreendimento. No início, a proposta parecia promissora. Mas, passado o fator novidade, as vendas começaram a cair.

— Como tudo no começo, a procura estava grande — contou à coluna.

Espíndola diz ainda não ter um diagnóstico mais preciso do que poderia ter provocado o desinteresse do público. Mas tem algumas suspeitas. Ele conta que muita gente que passava pela vitrine olhava, mas indicava timidez. No fim, o conservadorismo, acredita, pode ter pesado.

Continua depois da publicidade

— Acho que Blumenau não é uma cidade preparada para esse tipo de restaurante.

Veja fotos da waffleria erótica

Leia também

Milium vai abrir a sétima loja em Blumenau

Qual será o papel da Hering na fusão que cria maior grupo de moda da América Latina

Novela sobre futuro partido de Mário Hildebrandt caminha para o capítulo final

Dona da Hering e Arezzo acertam fusão e criam nova potência bilionária da moda

Receba notícias e análises do colunista Pedro Machado pelo WhatsApp

Destaques do NSC Total