nsc
nsc

FESTAS DE OUTUBRO

Nova cervejaria oficial da Oktoberfest Blumenau terá de construir boulevard e museu

Compartilhe

Pedro
Por Pedro Machado
05/01/2021 - 05h30 - Atualizada em: 05/01/2021 - 06h34
Boulevard Vila Germânica
Estrutura em frente ao atual Eisenbahn Biergarten será incluída como obrigação em edital (Foto: Divulgação)

A futura cervejaria oficial da Oktoberfest Blumenau terá de construir um boulevard em frente ao atual Eisenbahn Biergarten e também um museu que contará a história da festa. As exigências vão constar em um edital que o Parque Vila Germânica pretende lançar, se tudo der certo, até o fim do primeiro trimestre. Somadas, as estruturas devem demandar investimentos em torno de R$ 11 milhões, projeta o secretário de Turismo, Marcelo Greuel. É um recurso privado, que sairá do bolso do vencedor da licitação.

> Quer receber notícias de Blumenau e do Vale por WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo do Santa

A ideia da prefeitura é repetir a bem-sucedida receita do próprio Eisenbahn Biergarten. O “setor 4” da Vila Germânica era uma obrigação contratual da Brasil Kirin – mais tarde comprada pela Heineken –, vencedora de uma licitação feita em 2014 que definiu a cervejaria oficial da Oktoberfest entre 2015 e 2020. Pelas mãos da iniciativa privada, a estrutura foi erguida em um prazo de cinco meses.

A grande questão agora é se o novo edital da cervejaria oficial valerá já para a próxima edição. Em tese, o contrato com a Heineken, por meio da marca Eisenbahn, terminaria em 2020. Mas como a festa do ano passado foi cancelada em função da pandemia do coronavírus, o vínculo pode ser excepcionalmente estendido para 2021. Trata-se de uma análise jurídica que, segundo Greuel, também deve ser concluída em breve. No cenário de momento, o boulevard seria uma realidade para a Oktoberfest 2022. O museu ficaria para 2023.

Praça de alimentação fixa

O boulevard proposto, orçado em R$ 4 milhões, funcionaria na prática como uma praça de alimentação fixa da Oktoberfest e de outras festas como a Sommerfest, por exemplo. Com isso, não seria mais necessário montar e desmontar uma estrutura móvel a cada edição. O espaço, de pouco mais de 3 mil metros quadrados, também serviria de apoio para eventos de negócios que acontecem na Vila Germânica, a exemplo da Febratex. Eventuais estandes de comida que ficam dentro dos setores nessas feiras seriam deslocados para a área externa, abrindo mais espaço para expositores.

Boulevard Vila Germânica
Proposta inicial é que boulevard tenha pelo menos três quiosques fixos
(Foto: )

A área ainda agregaria uma nova alternativa de lazer à Vila Germânica no restante do ano, acrescenta Greuel. O secretário já havia manifestado o desejo de dar mais vida àquele canto do complexo – que “parece um estacionamento”, segundo ele – com a criação de um jardim a céu aberto, como a coluna destacou em outubro de 2019. A proposta agora prevê a implantação de pelo menos três quiosques fixos no local, pontos que serão alvo de licitação. Em eventos como a Oktoberfest, outros seriam montados temporariamente para dar conta da demanda.

— Temos que ocupar o espaço. Além de ser uma receita que entra para a secretaria, vai ser mais um espaço de convivência — defende Greuel.

Do ponto de vista arquitetônico, chama a atenção no projeto a extensão do telhado, que cobriria uma das pistas da Rua Alberto Stein. Uma das ideias é que ele também sirva como abrigo para proteger o embarque e o desembarque de passageiros de ônibus, táxis e transportes por aplicativo que atendem a Vila Germânica.

Museu com três andares e terraço com brewpub

A outra obrigação da futura cervejaria oficial será construir um museu que vai contar a história da Oktoberfest. O investimento previsto deve ficar em torno de R$ 7 milhões. Será um prédio com três pisos e um terraço com um brewpub. A Secretaria de Turismo tem pelo menos três imóveis mapeados nos arredores da Vila Germânica que poderiam sediar o museu. O mais provável é que o escolhido seja um terreno vazio, com a construção partindo do zero.

A obra será responsabilidade da vencedora da licitação, mas a exploração do museu pode ficar a cargo de outra empresa se a cervejaria decidir abrir mão do negócio. Neste caso, segundo Greuel, seria lançada uma licitação nos mesmos moldes do Museu da Cerveja, com a formação de uma comissão que avaliaria as propostas técnicas dos possíveis interessados.

Museu da Oktoberfest
Projeto prevê um museu com três pisos
(Foto: )
Museu da Oktoberfest
Projeto do Museu da Oktoberfest
(Foto: )
Museu da Oktoberfest
Projeção da área interna do museu
(Foto: )
Museu da Oktoberfest
Proposta inclui terraço com brewpub
(Foto: )

Quer receber notícias e análises de economia, negócios e o cotidiano de Blumenau e região no seu celular? Acesse o canal do blog no Telegram pelo link https://t.me/BlogPedroMachado ou procure por "Pedro Machado | NSC" dentro do aplicativo.

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Mais colunistas

    Mais colunistas