A Associação Congregação de Santa Catarina (ACSC), mantenedora do Hospital Santa Isabel, e a Unimed Blumenau estudam juntar forças na construção de um megacomplexo hospitalar na cidade. Sem alarde, as partes assinaram em agosto do ano passado um memorando de entendimentos, primeira etapa de uma possível parceria. Desde então, as conversas avançaram e o projeto começou a ganhar corpo.

Continua depois da publicidade

Receba notícias de Blumenau e região por WhatsApp

As discussões envolvem a retomada das obras do hospital que a Unimed começou a erguer no bairro Vila Nova. A construção está parada desde 2016. Pelo acordo que está sendo desenhado, a associação entraria com o dinheiro para finalizar e ampliar a estrutura que já existe, formando um complexo com 20 mil metros quadrados de área hospitalar de alto padrão e 230 leitos.

O hospital de Blumenau que começou a ser construído mas parou no tempo

O investimento está estimado em mais de R$ 250 milhões, incluindo construção e compra de equipamentos, com quatro anos de obras e geração de mais de mil empregos, apurou a coluna. Internamente, as partes vêm chamando a iniciativa de “Projeto Bavária”. As conversas encaminham para um acordo de exclusividade entre as partes de 30 anos, renováveis por mais 30.

Continua depois da publicidade

Ainda que reservadamente, o assunto já gera burburinho no mercado de saúde de Blumenau. Neste momento, no entanto, não há nada 100% definido. Os cooperados da Unimed ainda precisam aprovar o movimento em assembleia geral, que deve ser convocada para setembro. A decisão final do encontro é soberana. O conselho da ACSC já deu sinal verde para o negócio.

Com a aprovação por parte dos cooperados da Unimed, a formalização da parceria ainda precisaria ser ratificada pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), órgão vinculado ao governo federal que regula questões relacionadas à concentração e competitividade do mercado.

Se tudo correr como as possíveis parceiras imaginam, este novo complexo deve ser um dos maiores hospitais privados de Santa Catarina e também um dos mais modernos do Estado.

O que dizem as partes

A Unimed Blumenau diz que o assunto já foi discutido e aprovado nos conselhos da cooperativa. Segundo o diretor-executivo Vítor Hellmann, as energias, neste momento, estão concentradas no esclarecimento de dúvidas dos cooperados sobre o projeto.

Continua depois da publicidade

Procurada, a Associação Congregação de Santa Catarina disse que não comentaria o assunto.

Leia também

Nova atração dos desfiles da Oktoberfest Blumenau não ficará pronta a tempo para 2023

Oktoberfest Blumenau busca iniciativa privada para proteger marca e combater pirataria

Rede de SC cria carrinho de supermercado para animais de estimação

Antiga fábrica de empresa têxtil de Blumenau que faliu tem um novo dono

Receba notícias e análises do colunista Pedro Machado pelo WhatsApp

Destaques do NSC Total