nsc
    nsc

    Transporte coletivo

    Tarifa de ônibus em Blumenau poderá ser menor em caso de compra antecipada

    Compartilhe

    Pedro
    Por Pedro Machado
    27/11/2019 - 18h26 - Atualizada em: 28/11/2019 - 08h57
    Ônibus em Blumenau
    Quem pagar em dinheiro pode ter de desembolsar dois centavos a mais por passagem (Foto: Patrick Rodrigues, BD)

    A Agência Intermunicipal de Regulação do Médio Vale do Itajaí (Agir) finalizou um estudo que prevê a implantação da chamada tarifa embarcada no transporte coletivo de Blumenau. O material já está nas mãos da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (ex-Seterb) e será levado ao conhecimento do prefeito Mario Hildebrandt (sem partido).

    A ideia inicial é oferecer um pequeno desconto para quem comprar créditos de ônibus antecipadamente, pelo cartão. Nesta modalidade, o usuário desembolsaria R$ 4,28 por passagem. É o valor da chamada tarifa técnica apurada pela Agir no cálculo que definiu o reajuste, por arredondamento, para R$ 4,30, que entra em vigor no dia 1º de dezembro.

    A diferenciação de preços na tarifa é comum em outras cidades, como Joinville, e já estava no radar da Agir. É uma maneira de estimular a bilhetagem eletrônica e reduzir o pagamento em dinheiro, que ainda é significativo em Blumenau.

    A implantação desta modalidade, no entanto, depende de mudança de legislação. É possível que o assunto seja incluído na pauta da sessão desta quinta-feira na Câmara de Vereadores. O objetivo seria aprovar e sancionar o texto até o dia 1º de dezembro, quando passa a valer a nova tarifa.

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas