nsc
nsc

Isolamento social

Volta dos ônibus em Blumenau é adiada em uma semana com novo decreto do Estado

Compartilhe

Pedro
Por Pedro Machado
17/07/2020 - 20h48
Transporte coletivo
Decreto do governo de SC vai estender suspensão do transporte coletivo em Blumenau (Foto: Patrick Rodrigues, BD)

As novas medidas contra o coronavírus anunciadas nesta sexta-feira (17) pelo governo de Santa Catarina, válidas para sete regiões classificadas em situação gravíssima, têm pouco efeito prático para Blumenau. A maior parte das restrições já vale na cidade, o que mostra que, na comparação com o Estado, a prefeitura se antecipou ao agravamento do cenário da pandemia.

​> Quer receber notícias de Blumenau e do Vale por WhatsApp? Clique aqui e entre no grupo do Santa

A mudança mais significativa é no transporte coletivo municipal e intermunicipal. O novo decreto do governo de Santa Catarina suspende as atividades por 14 dias a partir da próxima segunda-feira (20). 

Em Blumenau, ônibus já estavam proibidos de circular por duas semanas desde a última terça (14). Na prática, a determinação do Estado fará com que o transporte fique paralisado por mais tempo. Pelo decreto municipal, o serviço poderia voltar no dia 28 deste mês. Agora, com o decreto do Estado e até última análise, só pode retornar a partir de 3 de agosto.

O decreto assinado pelo governador Carlos Moisés ainda suspende a concentração e a permanência de pessoas em espaços públicos, como parques e praças. Em Blumenau, isso já é proibido desde 24 de junho. 

O Estado também prorrogou para 7 de setembro a suspensão das aulas presenciais nas unidades das redes municipal, estadual e federal de ensino, incluindo educação infantil, de jovens e adultos e ensino fundamental e técnico. Essas restrições foram anunciadas pela prefeitura de Blumenau no domingo (12) passado.

No conjunto geral de regras, Blumenau também está mais rígida do que a média porque, além de todas essas atividades, também suspendeu missas, proibiu a circulação nas ruas de pessoas que tenham mais de 60 anos ou que integrem grupos de risco, reduziu horários de shoppings, lanchonetes e restaurantes e instituiu multa para quem não usar máscara. E pode apertar ainda mais, com a possibilidade de restringir o funcionamento de academias e tabacarias, como adiantou o colega Evandro de Assis.

A diferença de postura é reflexo do quadro local, pior do que situação geral do Estado. Nesta sexta-feira, 90% dos leitos de UTI do sistema de saúde de Blumenau estavam ocupados.

Quer receber notícias e análises de economia, negócios e o cotidiano de Blumenau e região no seu celular? Acesse o canal do blog no Telegram pelo link https://t.me/BlogPedroMachado ou procure por "Pedro Machado | NSC" dentro do aplicativo.

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Pedro Machado

Colunista

Pedro Machado

Um olhar especializado na economia e nos negócios dos setores pulsantes de Blumenau e região.

siga Pedro Machado

Mais colunistas

    Mais colunistas