nsc
nsc

Debate

Mídia física x mídia digital

Compartilhe

Pensando
Por Pensando Sobre Games
21/07/2022 - 07h00
Cena de luta do game Assassin's Creed Liberation HD
Bora lutar para saber qual é a melhor! (Foto: Ubisoft/Divulgação)

Um caso que ocorreu esses dias reativou na minha mente o debate entre mídia física e digital. Uma atualização foi feita na página de venda do jogo Assassin’s Creed Liberation HD na loja do PC Steam. Inicialmente, pensou-se que o game não estaria mais disponível a partir de 1º de setembro, mesmo para quem já tinha comprado o título. Mais tarde, porém, o estúdio Ubisoft esclareceu que o que não vai ter mais são os conteúdos adicionais e elementos online.

Mas pensa que assustador: você ter comprado e jogo e alguém vai lá e o retira de você. Mesmo que devolvessem o seu dinheiro de volta, isso seria horrível porque você, como jogador, não se sentiria seguro de que terá o game para sempre. Felizmente, aparentemente não é isso que está rolando com Assassin’s Creed Libertation HD. Mas sabe como você pode ter 100% de certeza de que nunca vão poder pegar o seu jogo? Se você o tiver em mídia física. A não ser, é claro, que a mídia venha apenas com um código de download, o que não faz o menor sentido na minha cabeça.

A intenção deste texto não é convencer você de um lado ou de outro. A ideia é pensar um pouco sobre o assunto e eu vou listar aqui as vantagens que vejo de cada mídia. Talvez o ideal fosse sempre termos as duas, porém nós, como consumidores, não temos todo o poder sobre o que as empresas vão resolver fazer. Mas vamos lá.

Mídia física

Além dessa vantagem que listei aí em cima, tem uma que você pode até achar engraçada. Eu gosto de ter as caixinhas dos jogos por um outro motivo: para lembrar quais jogos eu tenho. Já aconteceu mais de uma vez de eu olhar a liquidação em alguma loja digital e a própria máquina informar que já tenho o título. E eu nem lembrava.

Como às vezes a gente precisa apagar um jogo ou outro por falta de espaço e nem todos os games que a gente tem aparecem logo na tela inicial do videogame, acabo esquecendo.

Capas dos jogos Mass Effect Legendary Edition e Star Wars Rogue Leader
Aventuras no espaço
(Foto: )

Contudo, essa vantagem não é nada se comparada a de poder revender ou trocar um título. Às vezes, você não gosta tanto do jogo, ou chegou ao final e tem certeza de que nunca mais vai jogar. Bora vender ou trocar por outro. Além disso, dá para emprestar para o seu amigo e ajudá-lo a economizar.

Um outro benefício enorme é a concorrência. A competição entre lojas faz baixar preços. E você pode comprar um usado e economizar. Principalmente nos videogames, só há uma única loja vendendo os jogos digitais. Ou seja, Nintendo, Sony e Microsoft têm muito mais controle sobre os valores.

Por fim, vem uma vantagem boba, mas eu adoro. Acho lindas as caixinhas na estante. Assim como acho belíssima uma prateleira cheia de livros, ou de filmes em DVD e Blu-ray. Beleza faz parte da vida.

Mídia digital

Naquela parte da pandemia em que a gente ficou um tempão em casa, caso você tenha ficado de home office, vi bastante as vantagens da mídia digital. Você não precisa sair para ir comprar seu jogo. Simples, não? Mas muito efetivo.

O game já está ali. Não precisa aquela pesquisa extensa para procurar onde está mais barato, ir de loja em loja só para ouvir que eles não têm o jogo que você quer. E isso acontece comigo pra caramba. No caso dos videogames, só tem uma loja. E se isso pode ser desvantagem no preço, significa que você só precisa procurar em um lugar. Acredita, para pechinchar, é preciso ter tempo, e nem sempre a gente tem.

Uma outra vantagem é que você baixa o game na hora. Não precisa esperar o correio chegar, caso você tenha comprado pela internet.

Conclusão

Não tem conclusão! Mentira, a conclusão é que cada mídia tem sua vantagem e desvantagem. Veja o que é melhor para você! Porém, acho absolutamente inegável que as empresas têm empurrado cada vez mais a mídia digital. Principalmente no caso das lojas digitais dos videogames, a vantagem é pra elas, que podem arbitrar os preços. Para nós, jogadores, acho que sempre devemos expressar que o bom mesmo é ter as duas mídias, para que a escolha seja nossa.

Leia mais:

> Mass Effect e o poder de um universo bem construído

> PS Plus e os preços

> Exclusivos serem lançados em outras plataformas é realmente uma boa?

> História é mais importante do que gameplay?

Joana Caldas - Pensando Sobre Games

Colunista

Pensando Sobre Games

Um espaço dedicado aos videogames. A jornalista Joana Caldas aborda novidades e jogos saudosos, além de debater tendências e refletir sobre o que torna este hobby tão divertido e apaixonante.

siga Pensando Sobre Games

Joana Caldas - Pensando Sobre Games

Colunista

Pensando Sobre Games

Um espaço dedicado aos videogames. A jornalista Joana Caldas aborda novidades e jogos saudosos, além de debater tendências e refletir sobre o que torna este hobby tão divertido e apaixonante.

siga Pensando Sobre Games

Mais colunistas

    Mais colunistas