Um turista argentino que passou as férias no litoral catarinense e teve o carro furtado está voltando ao Estado para buscar o veículo após o mesmo ser encontrado pela polícia catarinense. O caso chama a atenção pois ocorre em menos de uma semana após o cônsul da Argentina em Florianópolis reclamar que os hermanos estão sendo vítimas de furtos e afirmar que os “argentinos vão pensar duas vezes antes de voltar”.

Continua depois da publicidade

Receba as principais notícias de Santa Catarina pelo WhatsApp

A Polícia Civil (PC-SC), por meio do Núcleo de Inteligência da Diretoria de Polícia da Grande Florianópolis (DPGF), em trabalho conjunto com Batalhão de Choque da Polícia Militar (PM-SC), localizou o veículo de um casal de argentinos, que havia sido furtado no dia 21 de janeiro, junto com outros pertences, de uma casa alugada pela família, na praia da Armação do Pântano do Sul, em Florianópolis.

A abordagem foi feita pelo Batalhão de Choque da PM, quando o veículo trafegava na Via Expressa em São José, na última quinta-feira (9). Desde que foi registrado o boletim de ocorrência, a PCSC e a PMSC reforçaram monitoramento, visto que, por ser um carro estrangeiro, não constava da base de dados do Brasil.

De posse da placa do carro, articulando informações de inteligência e usando recursos humanos e tecnológicos de alto nível, foi possível localizar o carro, realizar a abordagem e recuperar o veículo.
Em seguida, foi feito contato com policiais argentinos para conferir informações. O proprietário do veículo já foi comunicado que o carro foi recuperado e está voltando ao Brasil para buscá-lo.

Continua depois da publicidade

Leia mais:

Catarinense compra “quietinho” apartamento na Flórida

Populista, Lula escolhe culpado para justificar supostamente o que prometeu e não vai cumprir

Destaques do NSC Total