nsc
    nsc

    Indefinição

    Impeachment em SC: indefinição que prejudica a população

    Compartilhe

    Renato
    Por Renato Igor
    07/04/2021 - 05h00 - Atualizada em: 07/04/2021 - 05h12
    Carlos Moisés e Daniela Reinehr
    Carlos Moisés e Daniela Reinehr (Foto: Julio Cavalheiro, Secom)

    Após a sessão do Tribunal Misto de Julgamento do Impeachment, no dia 26 de março, e que resultou no afastamento de Carlos Moisés da Silva do cargo, a acusação já entregou seu libelo acusatório, pedindo oitiva de duas testemunhas e busca de informações. A defesa do governador afastado já apresentou suas provas e abriu mão de novas testemunhas e diligências. Quer acelerar o processo.

    > Mapa Covid de SC hoje: veja em mapa e dados por cidade como está a situação da pandemia

    > Calendário da vacina: veja dados da vacinação em cada município de SC no Monitor da Vacina

    Agora, os próximos passos dependem dos prazos estabelecidos pelo presidente do Tribunal de Justiça (TJ), desembargador Ricardo Roesler, sobre as oitivas e diligências solicitadas. Não há data prevista e a informação da assessoria do TJ é de que há requerimentos para serem analisados antes. O julgamento precisa ocorrer em até 120 dias. 

    No chamado primeiro impeachment, em 2020, o julgamento final ocorreu em 30 dias. Independente do seu resultado final, o mais importante é que a celeridade se repita, e o julgamento seja o mais rápido do possível. 

    Por mais que um Governo interino tente, é inquestionável que, em meio a um impeachment muita coisa não anda. E quem perde com essa espera e indefinição é a sociedade catarinense, que precisa de segurança nas ações de combate à pandemia e de retomada econômica. Santa Catarina precisa de previsibilidade.

    Leia Mais:

    Como está o estado de saúde de Paulo Gustavo, internado por complicações da Covid-19

    > "Meu filho está tonto de fome": queda nas doações de comida impacta nas comunidades pobres de SC

    >Dagmara Spautz: Exemplo para Bolsonaro, Chapecó ainda tem UTIs lotadas e letalidade acima da média

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas