nsc
nsc

Opinião

Proibição do carnaval em Florianópolis só faz sentido se o mesmo ocorrer nas festas privadas

Compartilhe

Renato
Por Renato Igor
09/01/2022 - 10h41
Arquibancadas lotadas para os desfiles na Nego Quirido
Arquibancadas lotadas para os desfiles na Nego Quirido (Foto: Tiago Ghizoni/ Diário Catarinense)

O setor de eventos e casas noturnas foi devastado pela pandemia. Foi o primeiro a fechar e o último a reabrir. Houve um trabalho muito sério na construção do protocolo do “Evento Seguro”, para mais de 500 pessoas. O mapa ficou no azul, adultos vacinados e a obrigação de seguir o protocolo passou à recomendação e o Estado delegou aos municípios a decisão.

> Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

>SC pode ter concessão de estradas sem praça de pedágio

A verdade é que mesmo nos shows e festas grandes com exigência da vacina, quando ela é de fato fiscalizada, lá dentro, vale tudo, menos o respeito ao protocolo. As máscaras que eram para serem retiradas somente para consumo de alimentos e bebidas, não são utilizadas. No máximo, garçons, cozinheiros e seguranças que as usam.

Os estabelecimentos dizem que não é função deles fiscalizar. É impossível o Poder Público estar presente o tempo todo. Aí veio a Ômicron e os quadros respiratórios quando já havia o clima entre a maioria de que o pior já tinha passado.

A prefeitura de Florianópolis, diante do novo cenário, fez bem em cancelar o carnaval. Faz sentido o argumento de que não há como promover aglomeração em ambiente de difícil controle. Entretanto, a medida só será coerente se o mesmo ocorrer com as festas privadas.

Boa

Dos R$2,5 milhões que seriam investidos pela Prefeitura de Florianópolis na queima de fogos no Réveillon, R$1,5 milhão serão destinados para cursos de formação em Tecnologia da Informação (TI) para a população de baixa renda.

Leia Mais:

Festa com churrasco e chopp em quartel de SC é investigada pelos Bombeiros

Intimidação por atestado médico em SC: "Sempre foi assim”, diz CRM

Usina de carvão de SC quer neutralizar emissão de carbono até 2040, 10 anos antes da meta

Filas no trânsito de Florianópolis têm solução? Veja as medidas para resolver

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Mais colunistas

    Mais colunistas