nsc
    nsc

    Mudança

    Restrições em SC devem reduzir ocupação de ônibus e endurecer fiscalização

    Compartilhe

    Renato
    Por Renato Igor
    23/02/2021 - 10h17 - Atualizada em: 23/02/2021 - 11h10
    Novas restrições para circulação de ônibus
    Novas restrições para circulação de ônibus (Foto: Marco Fávero, Bando de Dados)

    O governo do Estado defende a redução do limite de ocupação dos ônibus do transporte coletivo como uma das medidas para conter o avanço da pandemia em Santa Catarina. A conversa com os prefeitos nesta terça-feira (23) é para alinhar esse posicionamento, entre outras medidas para reduzir a propagação da Covid-19. 

    > Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp 

    Qualquer decisão será anunciada apenas se houver pactuação com os prefeitos, pelo menos essa é a intenção. Em janeiro, a Secretaria de Infraestrutura (SC) ampliou o percentual de ocupação no transporte coletivo. Houve a vinculação do número de passageiros com a matriz de risco.

    No caso das regiões em nível gravíssimo, ficou permitida a ocupação de 70% da capacidade dos assentos, considerando apenas os passageiros sentados. Anteriormente, esse percentual era de 50%. Nas demais regiões (nível de risco grave, alto e moderado), está permitida a ocupação de até 100% da capacidade. Isso vale para o transporte rodoviário intermunicipal, interestadual e fretamento.

    Para o intermunicipal urbano, vale o mesmo, só que a ocupação é referente à capacidade do veículo, podendo o usuário estar em pé. Nos níveis grave, alto e moderado, os veículos podem estar com ocupação plena, inclusive em pé, com 100% da capacidade. A intenção, agora, é reduzir estes percentuais de ocupação dos veículos.

    A colega Dagmara Spautz informou a ideia de restringir atividades na madrugada. A estratégia é endurecer a fiscalização.

    Uma fonte no governo informa que “local ou regionalmente, de acordo com a gravidade do cenário, as prefeituras poderão adotar medidas mais restritivas, com apoio do governo do Estado na fiscalização, como estão fazendo os municípios do Oeste. Essas medidas podem mudar ainda, pois a conversa com os prefeitos é que dará o tom”.

    Segundo informou Ânderson Silva, o governador Carlos Moisés se reúne nesta tarde com prefeitos catarinenses para a tomada de decisão.

    Leia mais:

    Opinião: SC faz aposta arriscada ao aumentar capacidade de ocupação dos ônibus

    Governo de SC suspende cirurgias eletivas para conter avanço da Covid-19

    Voo com 2 milhões de doses de vacina contra Covid-19 decola da Índia para Brasil

    Veja o mapa de evolução do vírus em SC

    Deixe seu comentário:

    Últimas do colunista

    Loading...

    Mais colunistas

      Mais colunistas