nsc
nsc

Fiscalização

SC irá intensificar blitz da lei seca na temporada de verão

Compartilhe

Renato
Por Renato Igor
22/11/2021 - 16h46 - Atualizada em: 22/11/2021 - 18h29
Blitz da lei seca
Blitz da lei seca (Foto: Cristiano Estrela / Agencia RBS)

Santa Catarina terá mais blitz da lei seca nesta temporada de verão, se comparado com o mesmo período do ano passado. Entre as explicações, está o fato de que trata-se de um novo momento da pandemia, com o avanço da vacinação e os números de doentes, contaminados e mortes em queda. Além disso, são menores as restrições do que em 2020.

> Mais de 200 motoristas são flagrados bêbados nas rodovias federais de SC no fim de semana

> Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

Neste domingo (21) houve longas filas na SC-401, rodovia que registra 59 mil veículos por dia. Além do dia ensolarado e tipicamente de verão, a Polícia Militar Rodoviária (CPMR) realizou blitz da lei seca entre 13h e 15h na praça do pedágio.

— Esse parâmetro de mais ou menos operações, pode ser considerado, principalmente, porque estamos caminhando para um "novo normal", se é que podemos assim dizer. Ano passado havia muitas dúvidas sobre a COVID-19 e a própria Polícia Militar estava atuando com muito cuidado e respeito às normas sanitárias. Por isso, eu responderia que sim, faremos mais operações do que no ano passado. Não porque estamos mais ou menos ativos do que os anos anteriores, mas porque já não temos mais receio da evolução da pandemia e porque não temos mais qualquer restrição para fazermos as abordagens. O contato com os condutores de veículos, utilizando as máscaras e cumprindo as regras sanitárias em vigor, ocorrem sem dificuldade — explica o Tenente Coronel Marcos Vinicius dos Santos, comandante do 1° Batalhão, responsável pela porção leste do Estado.

Os locais mais importantes para as operações, segundo o policial, são a SC-401 (norte), SC-405 (Sul), SC-401 (Via Expressa Sul), Pontes, SC-406 (Leste da ilha), SC-404 (Morro da Lagoa).

— Em Santa Catarina temos o dobro de mortes no trânsito se comparada às mortes intencionais violentas. A fiscalização é a melhor maneira de combater a embriaguez ao volante, e não podemos abrir mão dessa ferramenta que é uma forma de fazer as pessoas respeitarem as regras — afirma.

>Articulação com Romário vai permitir inscrição de atletas de SC nas Paralimpíadas Escolares

Ouça a entrevista

Leia Mais:

Quem são os russos de Palhoça

Moisés provoca antecessores ao lembrar respiradores: "Onde estavam os R$ 600 milhões?"

Governo de SC vai ao STF defender decreto contra a linguagem neutra

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Mais colunistas

    Mais colunistas