nsc
nsc

Filas

SC precisa priorizar o transporte coletivo para não travar

Compartilhe

Renato
Por Renato Igor
27/11/2021 - 06h18
Fila na Beira-Mar Norte, em Florianópolis
Fila na Beira-Mar Norte, em Florianópolis (Foto: Cristiano Estrela/Diário Catarinense)

O transporte coletivo não é prioridade em Santa Catarina. Também não é no Brasil. É uma lástima que os nossos governantes, tão viajados, não tenham assimilado que os melhores modelos de mobilidade urbana dos países desenvolvidos que tanto admiramos estão baseados no transporte coletivo.

> Receba notícias de Florianópolis e região pelo WhatsApp

O nosso grande problema é que nos falta quase tudo. Nós não universalizamos nem 100% de serviço de água e esgoto, quem dirá transporte de qualidade. É evidente que precisamos ampliar o sistema viário, construir elevados e duplicar vias. O grande problema, entretanto, é que quase a integralidade dos recursos para mobilidade estão destinados ao sistema viário e ao rodoviarismo. O que se espera, ao menos, é mais equilíbrio na utilização do orçamento. Que uma fatia seja dedicada ao transporte de massa. Hoje, o desequilíbrio é total. A balança quebrou. É muito asfalto e pouco transporte coletivo.

Subsídio na tarifa, isenção fiscal sobre a cadeia do setor e corredores exclusivos de ônibus precisam estar na ordem do dia. É urgente. Em 2022, para agravar, teremos uma bomba financeira prestes a explodir. O diesel subiu 65,5% até agora neste ano. É,  junto com a folha salarial, dos principais itens da cesta de custos que compõem o cálculo da tarifa. O cenário é esperado: pressão por forte aumento da passagem. Tivemos as restrições com a pandemia, as empresas de ônibus que já estavam no vermelho agravaram ainda mais a situação. Menos passageiros e mais custo. A conta não fecha. A sociedade precisa antecipar essa discussão sob pena de graves problemas no início do ano que vem.

Florianópolis

Florianópolis já aplica o subsídio na tarifa de ônibus. A prefeitura fará mais uma faixa de rolamento na Avenida Beira-Mar Norte, mais duas em nova alça do Elevado do CIC e mais uma na Avenida da Saudades. Momento adequado e excelente oportunidade para destinar uma das faixas novas exclusivas para os ônibus.

Se não mudarmos o jeito de pensar e planejar as nossas cidades, a esperança será sempre a próxima obra. Pensamento mágico.

Leia Mais:

Liberar máscaras em locais abertos só reflete o que já é realidade em SC

Avenida Beira-Mar Norte em Florianópolis terá mais duas pistas

SC irá intensificar blitz da lei seca na temporada de verão

Quem são os russos de Palhoça

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Renato Igor

Colunista

Renato Igor

Apresentador e comentarista na CBN Diário e NSC TV, Renato Igor faz análises e traz as notícias sobre o que acontece em Santa Catarina e o que influencia os rumos do Estado.

siga Renato Igor

Mais colunistas

    Mais colunistas