nsc
nsc

Futebol

Chapecoense e Figueirense: situações parecidas

Compartilhe

Roberto
Por Roberto Alves
08/07/2021 - 11h20
Campo de futebol
Chapecoense e Figueirense estão em situações parecidas (Foto: Unsplash)

A Chape entra em campo nesta quinta-feira à noite para enfrentar o Corinthians. O torcedor está muito preocupado com o que anda vendo do verdão. Desde a saída de Humberto Louzer, parece que o futebol foi embora com ele e ainda não retornou. A campanha é preocupante, já que a equipe não sai da zona de rebaixamento.

> Receba notícias de Florianópolis e região no seu WhatsApp

O que me parece que seria o correto com a demissão de Mozart seria a vinda de um técnico mais experiente e disciplinador, já que o problema pode passar também pelo controle do grupo. Jair Ventura tem suas qualidades, mas o elenco precisa de um choque forte para acordar.

Dizem que no futebol de hoje não existe mais a figura do técnico truculento, disciplinador por excelência, aquele que precisa dar um soco na mesa para restabelecer a verdade. Penso que em algumas situações este profissional ainda é importante.

Apenas para lembrar, vejam o caso do Grêmio. Depois do Renato Gaucho, que é o boleiro natural amigo do grupo bom papo, veio um profissional cuja imagem é de timidez absoluta e sem o comando necessário para fazer o time jogar mesmo que seja um bom conhecedor.

E agora? Luiz Felipe Scolari chega para impor respeito à história do Grêmio e a sua própria carreira. Sua história no clube é muito forte, tem respeito, credibilidade e muitos títulos nas costas.

E a Chape? Não precisaria de um homem desses? Claro que sim, tanto que tentou Felipão e não conseguiu.

> Felipão na Chapecoense? O que existe nos bastidores sobre essa história

Olha o que pode acontecer: joga nesta quinta-feira com o Corinthians e domingo contra o Flamengo, que também está numa situação difícil com o Rogério Ceni. E o momento é de vitoria, pontos que precisa o verdão para começar a pensar em sair da situação em que se encontra.

E o Figueirense?

Me perguntam o que falta ao Figueirense? Futebol. O time tem limitações e mesmo com o esforço da diretoria em contratar ainda não houve o encaixe necessário aos resultados.

> Figueirense: aproveitamento do ano é baixo e pesa neste momento

E o técnico?

Jorginho é bom profissional e já provou isso. Ninguém é capaz de um grande trabalho se não tiver um bom material as mãos. Não que o time não possa se recuperar. Claro que sim, desde que haja o entrosamento e o encaixe dos novos jogadores ao esquema do técnico.

Vejo o Figueirense em situação complicada e, segundo dados do GE.com, em 18 pontos disputados, o Figueirense conquistou apenas 6. É muito pouco. Um aproveitamento de apenas 33%, muito parecido com o que ocorreu no ano passado nesta época. É preocupante.

Domingo

Às 11h, o Scarpelli, é mais uma chance de recuperação. O jogo é contra o São José de Porto Alegre, que está em oitavo lugar com um ponto a menos que o Figueirense.

Não há como adiar o momento da vitória para não criar clima desfavorável no grupo. Segundo o coordenador de futebol do alvinegro, Rafaelle Messina, o objetivo do clube é terminar o turno já no G4 para uma grande arrancada no returno.

O líder

O Criciúma com 14 pontos ganhos desfruta de situação confortável no grupo e lidera a competição com grande chance de passar a próxima fase.

Volta a jogar apenas na próxima segunda-feira à noite em Ribeirão Preto contra o Botafogo.

Brasil e Argentina sábado no Maracanã Copa América é tudo que o torcedor gostaria de ver. Mesmo com algumas informações de que poderemos ter público parcial no estádio, as negociações não evoluíram.

Um desperdício um jogo desta envergadura com o estádio vazio, ou seja, no máximo 200 convidados da Conmebol.

> "Imbituba, obrigado por todo apoio. Eu senti vocês aqui comigo", diz o catarinense Jorginho, após o título com o Chelsea

Eurocopa

A Inglaterra chegou. Vai à final com a Itália. Impossível definir quem está melhor, mas ainda vejo os Italianos um pouco mais a frente.

A classificação inglesa se deu na prorrogação e através de um penalty muito contestado em que Harry Kane marcou no rebote do goleiro.

O nível do futebol na Europa não permite muita discussão. Reclamação sim, a Dinamarca simplesmente cumprimentou a Inglaterra como manda a boa norma de uma disputa esportiva.

Este jogo é domingo, às 16h, em Wembley – Londres.

Conheça Rodrigo Nascimento: atleta catarinense que estará nas Olimpíadas 2021

Leia também 

Olimpíadas 2021: quais são os países participantes

Comitê dos Jogos de Tóquio reduz 1,5 bilhão de reais em custos

Olimpíadas 2021: veja quais são as modalidades

Roberto Alves

Colunista

Roberto Alves

Referência por resgatar a memória do Esporte catarinense, fatos do dia a dia e pitorescos, misturando bom humor e seriedade na dose certa.

siga Roberto Alves

Roberto Alves

Colunista

Roberto Alves

Referência por resgatar a memória do Esporte catarinense, fatos do dia a dia e pitorescos, misturando bom humor e seriedade na dose certa.

siga Roberto Alves

Mais colunistas

    Mais colunistas