nsc
nsc

EMPRESA CONTRATADA

Com histórico de anúncios, asfaltamento de via na zona Sul enfrenta impasse

Compartilhe

Saavedra
Por Saavedra
19/07/2021 - 08h38
Contrato prevê asfaltamento em toda a extensão da rua Copacabana
Contrato prevê asfaltamento em toda a extensão da rua Copacabana (Foto: Arquivo Pessoal)

Prevista para começar neste segundo semestre, o asfaltamento da rua Copacabana não tem mais prazo de início por causa de pendenga judicial. O novo revestimento da via na zona Sul de Joinville chegou a ser anunciado outras vezes. Agora, com empresa já contratada, a pavimentação com asfalto (hoje a cobertura é com paralelepípedos) terá de aguardar por nova decisão judicial.

> Lote 1 da duplicação da BR-280 tem menos dinheiro que obras de duas ruas de Joinville

> Acesse para receber notícias de Joinville e região pelo WhatsApp

O asfaltamento da Copacabana faz parte da lista de seis licitações vencidas (há ainda uma sétima, não homologada ainda, mas a empresa apresentou a melhor proposta) por uma mesma empreiteira. No entanto, uma concorrente conseguiu liminar no Tribunal de Justiça para a suspensão dos contratos. A alegação foi de que a vencedora das licitações sofreu penalidade temporária da Águas de Joinville e, por isso, não poderia participar de concorrências da prefeitura, controladora da companhia de saneamento.

Com a decisão, alvo de recurso do município, duas obras já iniciadas terão de ser paralisadas. As demais, como da rua Copacabana, não podem ser iniciadas, pelo menos enquanto a liminar estiver mantida. A prioridade do recurso da prefeitura, em análise no Judiciário, é concluir os trabalhos já iniciados. O asfaltamento da Copacabana, com drenagem, será custo de R$ 8,5 milhões, incluindo as ruas Sorocaba, Antônio Bernardo Tromm e Francisco Alves.

A pavimentação da Copacabana foi anunciada em outras duas oportunidades, pelo menos. Em 2017, a obra seria realizada por meio de convênio da prefeitura com o governo do Estado, os vereadores autorizaram por lei, mas nada saiu. Em agosto de 2019, o asfaltamento teve novo anúncio, desta vez por meio de empréstimo de R$ 100 milhões com o Banco do Brasil. O financiamento vai bancar as obras, mas o edital só seria lançado em outubro de 2020, com conclusão da concorrência em maio de 2021. Agora, o contrato está suspenso.

> Com “desistência” do PAC, Joinville terá desafio e nem todas as obras devem sair

> Sem avanço no licenciamento, alargamento no canal do Linguado continua nos planos

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Jefferson Saavedra

Colunista

Saavedra

Jefferson Saavedra traz análises e notícias exclusivas dos assuntos mais relevantes do Norte catarinense, com foco nos bastidores de todos os temas que envolvem especialmente Joinville e região, como política, segurança, mobilidade, saúde e educação.

siga Saavedra

Mais colunistas

    Mais colunistas