Com 100% dos leitos de UTI ocupados na rede pública, a Secretaria de Saúde de Joinville tenta ampliar o número de vagas para pacientes com coronavírus nas próximas horas. A abertura de mais dez vagas no Hospital Municipal São José ainda nesta sexta e a antecipação para sábado da ativação dos dez leitos credenciados no Hospital Bethesda. 

Continua depois da publicidade

O plano foi informado pelo secretário de Saúde, Jean Rodrigues da Silva, em entrevista na Rádio Globo Joinville na manhã de hoje. Jean alega que o município está “sozinho” nesse esforço, sendo que as ampliações na rede estadual são para as próximas semanas. A ampliação da capacidade de atendimento ocorre na medida do aumento da demanda, aponta o secretário, citando que outras áreas são afetadas por causa do remanejamento de pessoal e até suspensão de serviços.

> Norte de SC tem mais de 150 mortes e 9,5 mil casos confirmados de coronavírus

> Joinville diminui testagem após redução do estoque de testes rápidos

Joinville tem 60 leitos de UTI para Covid-19 na rede pública. São 40 vagas no São José e 20 no Hospital Regional. A ocupação está em 100%. Há 12 pacientes aguardando o resultado dos exames: se der negativo para coronavírus, serão transferidos para outros leitos. A abertura dos dez leitos no São José para pacientes com Covid-19 implica em redução no atendimento de outras demandas no hospital. No caso das vagas no Bethesda, credenciadas ao SUS pela Secretaria de Saúde, a previsão era de abertura na próxima segunda-feira, após prorrogação – os esforços agora são para ativação no sábado.

Continua depois da publicidade

Além dos 60 leitos para Covid-19 da rede pública, Joinville tem mais 58 vagas de UTI nos hospitais privados. No final da tarde de quinta-feira, 34 estavam ocupados por pacientes com coronavírus.

> Como funciona cada teste para detectar coronavírus

Destaques do NSC Total